Diretora da Organização Pan-Americana da Saúde apresenta candidatura para segundo mandato

Foi realizado em 30 de junho diante de representantes dos Estados-membros da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) o fórum dos candidatos ao cargo de diretor da Oficina Sanitária Pan-Americana (OSP), no qual a candidata Carissa Etienne, da Dominica, apresentou sua proposta da plataforma para os próximos cinco anos.

Carissa Faustina Etienne, da Dominica, apresentou sua proposta da plataforma para os próximos cinco anos. Foto: ASTMH

Carissa Faustina Etienne, da Dominica, apresentou sua proposta da plataforma para os próximos cinco anos. Foto: ASTMH

Foi realizado em 30 de junho diante de representantes dos Estados-membros da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) o fórum dos candidatos ao cargo de diretor da Oficina Sanitária Pan-Americana (OSP), no qual a candidata Carissa Etienne, da Dominica, apresentou sua proposta da plataforma para os próximos cinco anos.

Os Estados-membros da OPAS elegerão o próximo diretor da OSP na 29ª Conferência Sanitária Pan-Americana, que ocorrerá de 25 a 29 de setembro em sua sede em Washington D. C., nos Estados Unidos.

A pessoa selecionada assumirá seu mandato de cinco anos em 1º de fevereiro de 2018. Etienne exerce a direção da Oficina Sanitária Pan-Americana desde 1º de fevereiro de 2013. De acordo com a Constituição da OPS, ela pode ser reeleita por outros cinco anos. Sua candidatura foi única apresentada pelos Estados-membros.