Dia Mundial do Habitat – 4 de outubro de 2010

“Este ano subordinada ao tema “Melhor Cidade, Melhor Vida”, a celebração pretende salientar as medidas e políticas que permitem melhorar o bem-estar de milhões de pessoas (…)”. Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark GartenMensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon

Num mundo cada vez mais urbanizado, o Dia Mundial do Habitat constitui uma oportunidade para refletir sobre como poderíamos tornar as nossas cidades melhores para todos. Este ano subordinada ao tema “Melhor Cidade, Melhor Vida”, a celebração pretende salientar as medidas e políticas que permitem melhorar o bem-estar de milhões de pessoas que vivem em bairros degradados ou em alojamentos que não respeitam as normas mínimas de habitabilidade, em todo o mundo.

Os menores de 25 anos constituem a maioria dos pobres das zonas urbanas, que, em geral, vivem em países em desenvolvimento em condições de exclusão, se sentindo impotentes e condenados a uma existência privada dos direitos fundamentais, sem esperança de ter acesso a educação ou de conseguir um trabalho digno. Não dispondo do devido acesso a água potável, a eletricidade, ao saneamento e a saúde, sofrem privações que desencadeiam, com frequência, perturbações sociais. Vulneráveis à exploração e à corrupção, merecem cidades melhores e uma vida melhor.

Os problemas causados pela pobreza urbana – que vão desde a poluição à cultura dos grupos de delinquentes – não são insuperáveis. Muitas cidades encontraram soluções satisfatórias. As cidades inteligentes reconhecem a importância da boa governança, da prestação de serviços urbanos essenciais para todos e de ruas e espaços públicos onde crianças e mulheres se sintam seguros. Reconhecem também que uma cidade melhor ajuda a atenuar os problemas mundiais, como as alterações climáticas, ao promover a poupança de energia e a sustentabilidade ambiental.

A criação de cidades melhores exige uma conjugação de esforços por parte do Estado, das entidades locais, da sociedade civil e do setor privado e o apoio do Sistema das Nações Unidas. Neste Dia Mundial do Habitat, comprometamo-nos a unir nossos esforços para criar melhores cidades que ofereçam a todos um futuro melhor.