Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro de 2012

‘Milhões de pequenos produtores de alimentos – muitos dos quais são mulheres – estão lutando para lidar com os choques econômicos e climáticos e com os preços de alimentos elevados e voláteis.’

Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

“A situação alimentar mundial continua a ser motivo de preocupação. Milhões de pequenos produtores de alimentos – muitos dos quais são mulheres – estão lutando para lidar com os choques econômicos e climáticos e com os preços de alimentos elevados e voláteis. Dados recém divulgados da Organização para a Agricultura e Alimentação das Nações Unidas [FAO], do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola [FIDA] e do Programa Mundial de Alimentos [PMA] colocam o número de pessoas que passam fome em todo o mundo hoje em cerca de 870 milhões – inaceitável em um mundo de abundância, um mundo em que, se os alimentos fossem distribuídos corretamente, cada pessoa teria o suficiente para comer.

O tema deste ano do Dia Mundial da Alimentação, “Cooperativas Agrícolas: Chave para alimentar o mundo”, inspira-se na celebração do Ano Internacional das Cooperativas (2012). Cooperativas agrícolas desempenham um papel vital na melhoria da segurança alimentar e nutricional. Possuídas por seus membros, elas podem gerar emprego, reduzir a pobreza e empoderar os grupos pobres e marginalizados em áreas rurais, especialmente as mulheres, para que conduzam seus próprios destinos. Como empresas com consciência social, as cooperativas também têm provado ser um meio eficaz para a inclusão social, promovendo a igualdade de gênero e estimulando a participação da juventude na agricultura.

A orientação coletiva que anima o movimento cooperativo será igualmente crucial para enfrentar o Desafio Fome Zero, que lancei em junho, na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). Fome Zero é a nossa visão para um mundo sem fome, onde todos os sistemas alimentares são sustentáveis e todo mundo goza de seu direito a alimentação.

A grande experiência das cooperativas agrícolas será inestimável para alcançar um dos principais objetivos da iniciativa: a duplicação da renda e da produtividade dos pequenos agricultores. Precisaremos também de ampla participação se quisermos acabar com a baixa estatura na infância e eliminar o desperdício de alimentos, outros dois pilares do esforço Fome Zero.

No Dia Mundial da Alimentação, eu peço a todos os parceiros que se unam no Desafio da Fome Zero. Coletivamente, nós podemos acabar com a fome no nosso tempo.”

___________________
Saiba mais sobre a data em: www.fao.org/getinvolved/worldfoodday/en