Dia Internacional das Cooperativas – 2 de julho de 2011

“Ao nos direcionarmos para o Ano Internacional das Cooperativas, que será lançado oficialmente em outubro, convido os jovens a explorarem os benefícios de buscar empresas cooperativas e outras formas de empreendedorismo.” Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Foto: ONU/Rick Bajornas.Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

O tema do Dia Internacional das Cooperativas deste ano, “Juventude, o Futuro das Cooperativas”, ressalta o enorme valor de envolver os jovens e utilizar sua energia.

Na sequência das crises econômica e do financiamento global, o desemprego entre os jovens está em alta. Expandir as oportunidades através do empreendedorismo de jovens é uma das saídas para lidar com este desafio. O modelo cooperativo permite aos jovens criar e administrar empreendimentos sustentáveis. Cooperativas são sustentadas pela reunião de recursos financeiros e humanos, conhecimento técnico e habilidades empresariais. Além disso, sua estrutura enraíza-os em comunidades, encorajando negócios sociais responsáveis que atendem às necessidades locais.

Através de seus distintos focos e valores, as cooperativas têm se mostrado um modelo de negócio resiliente e viável, que pode prosperar até mesmo em momentos difíceis. Este sucesso ajudou muitas famílias e comunidades de caírem na pobreza. Cooperativas também oferecem acesso ao crédito e a outros serviços de financiamento para titulares de pequenas empresas. Além disso, as cooperativas promovem a autoconfiança e criam estabilidade em mercados nos quais elas operam.

Ao longo da comemoração deste Ano Internacional da Juventude, foi ressaltada a importância de incluir os jovens em todos os níveis do processo de desenvolvimento. A inclusão ativa de jovens homens e mulheres no desenvolvimento social e econômico ajuda a reduzir a exclusão social, a melhorar a capacidade produtiva, a quebrar ciclos de pobreza, a promover a igualdade de gênero e a aumentar a responsabilidade ambiental.

Ao nos direcionarmos para o Ano Internacional das Cooperativas, que será lançado oficialmente em outubro, convido os jovens a explorarem os benefícios de buscar empresas cooperativas e outras formas de empreendedorismo. Ao mesmo tempo, encorajo o movimento cooperativo a se engajar com a juventude, em um espírito de diálogo e entendimento mútuo. Vamos reconhecer jovens homens e mulheres como parceiros valiosos no fortalecimento do movimento das cooperativas e na sustentação do papel das cooperativas no desenvolvimento econômico e social.