Dia Internacional da Paz é celebrado no Rio com final de campeonato de futebol feminino entre comunidades

Final do torneio, realizada no Complexo Esportivo da Rocinha, contou com a presença do Diretor do UNIC Rio, Giancarlo Summa, que entregou o troféu para as campeãs.

Dia Internacional da Paz é celebrado no Rio com final de campeonato de futebol feminino entre comunidades

Um campeonato de futebol feminino entre comunidades do Rio de Janeiro marcou a comemoração do Dia Internacional da Paz (21/09). O torneio, organizado pela Federação das Associações de Favelas do Rio de Janeiro (FAFERJ), com apoio do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), contou com a participação de equipes de oito favelas cariocas como Santa Marta, Borel, Cidade Alta, Keto,Vila Canoas, Chapéu Mangueira, Babilônia e Rocinha.

A Rocinha foi a campeã do evento, após vencer a final contra a Babilônia/Chapéu Mangueira por 5 a 2. A capitã do time, Ingrid Alves, de 14 anos, recebeu o troféu das mãos do Diretor do UNIC Rio, Giancarlo Summa. As vice-campeãs receberam as medalhas do ex-Ministro do Planejamento, João Paulo dos Reis Veloso.

Em seu discurso de agradecimento, Ingrid parabenizou a equipe adversária e ressaltou que aquele foi um “dia de paz, de harmonia, e de alegria”. O Diretor do UNIC Rio, por sua vez, destacou o fato de o dia 21 de setembro também ser histórico para as mulheres brasileiras porque pela primeira vez a Assembleia Geral da ONU ter sido aberta por uma mulher: a Presidenta Dilma Rousseff.

Já o Presidente da FAFERJ, Rossino de Castro Diniz, afirmou que o esporte é uma forma de elevar a autoestima dos moradores de favelas cariocas e ajuda a combater o consumo das drogas. “Também há Martas nas favelas. E hoje, eu vi Marta aqui, esquecida. A FAFERJ procura mostrar isso”, declarou, referindo-se à atleta Marta Vieira da Silva, eleita a melhor jogadora do mundo pela FIFA durante quatro anos consecutivos e também embaixadora da Boa Vontade das Nações Unidas.

Confira fotos do evento:

[nggallery id=19]