Departamento da ONU promove treinamento de segurança para mulheres no Rio

O Departamento de Salvaguarda e Segurança das Nações Unidas no Brasil (UNDSS) realizou nos dias 11 e 12 de junho o curso “Segurança para mulheres, WSAT – Women’s Security Awareness Training” no Palácio Itamaraty, no Rio de Janeiro (RJ).

O módulo prático foi realizado no Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar do estado. Participaram do treinamento 25 mulheres, entre funcionárias de Sistema ONU e de instituições parceiras.

O UNDSS realizou nos dias 11 e 12 de junho o curso "Segurança para mulheres, WSAT - Women's Security Awareness Training" no Rio de Janeiro (RJ). Foto: UNDSS

O UNDSS realizou nos dias 11 e 12 de junho o curso “Segurança para mulheres, WSAT – Women’s Security Awareness Training” no Rio de Janeiro (RJ). Foto: UNDSS

O Departamento de Salvaguarda e Segurança das Nações Unidas no Brasil (UNDSS) realizou nos dias 11 e 12 de junho o curso “Segurança para mulheres, WSAT – Women’s Security Awareness Training” no Palácio Itamaraty, no Rio de Janeiro (RJ). O módulo prático foi realizado no Batalhão de Polícia de Choque da Polícia Militar do estado. Participaram do treinamento 25 mulheres, entre funcionárias de Sistema ONU e de instituições parceiras.

O curso tem como objetivo fornecer às funcionárias do Sistema das Nações Unidas no Brasil a capacidade de reconhecer os diferentes tipos de violência e perigos ligados à sua condição de mulher. A expectativa é fortalecer habilidades que permitam a aplicação de medidas de segurança simples que contribuam para a prevenção, proteção e mitigação de riscos.

Além de abordar temas que permitem às participantes reconhecer a dimensão da violência contra a mulher no nível nacional e mundial, o treinamento busca fornecer ferramentas que facilitem o trabalho da mulher na Organização e fortaleça a sua segurança.

O curso foi ministrado pela assistente de segurança local Bruna Dias, seguindo o formato de módulos temáticos e a metodologia participativa de mulheres para mulheres, o que proporciona um espaço reservado para valiosas discussões e troca de experiências.

A iniciativa teve também um módulo de defesa pessoal, ministrado pela policial militar Natacha Marques, instrutora de defesa pessoal da PMERJ, e contribuição da perita forense Mônica Azzariti, doutoranda em Negociação de Reféns pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), que abordou importantes mecanismos de verbalização em ambientes hostis.

O curso é realizado em diversos países por funcionárias certificadas pela Seção de Desenvolvimento de Treinamentos (TDS, na sigla em inglês) do UNDSS, e foi implementado no Brasil no ano de 2017. Desde então, o treinamento já foi realizado em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Boa Vista e Salvador.

Para 2019, a previsão é de que o curso seja conduzido em Brasília e São Paulo, entre outras cidades.