Darfur: Conselho de Segurança da ONU aprova novas estratégias para missão humanitária

Atendendo aos pedidos do secretário-geral das Nações Unidas, órgão aprovou a revisão das estratégias de missão da ONU com a União Africana em Darfur, no Sudão.

Ao fundo, tropas da UNAMID patrulham o campo de deslocados de Kalma, no sul de Darfur. Foto: ONU

Ao fundo, tropas da UNAMID patrulham o campo de deslocados de Kalma, no sul de Darfur. Foto: ONU

Diante da “considerável deterioração” da segurança em Darfur, o Conselho de Segurança das Nações Unidas apoiou, nesta quinta-feira (3), o pedido do secretário-geral, Ban Ki-moon, para uma revisão das prioridades da operação conjunta entre a ONU e União Africana (UNAMID) na conturbada região sudanesa.

“A marginalização política e econômica de Darfur pelo governo segue alimentando rebeliões armadas”, alertou em seu pedido o secretário-geral. “Novas dinâmicas de conflito emergiram enquanto as antigas ficaram sem resposta”, disse Ban, justificando a necessidade de atualizar as prioridades das operações na área.

A região de Darfur, uma área de quase meio milhão de quilômetros quadrados no oeste do Sudão, vive uma crise humanitária desde 2003, quando se iniciaram confrontos entre tropas do governo sudanês e grupos rebeldes locais. De acordo com estimativas da ONU, mais de 215 mil pessoas foram deslocadas de suas terras devido às disputas.

Entre as revisões recomendadas por Ban para a UNAMID, citam-se a mediação entre o governo sudanês e combatentes não signatários do Documento para a Paz em Darfur, a mediação e prevenção de conflitos intercomunais e melhorias na segurança das equipes humanitárias e nas condições para distribuição de assistência.