Crise de refugiados em Uganda preocupa ONU; déficit compromete ajuda humanitária

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Diariamente, Uganda recebe mais de 2 mil refugiados, o que faz do país líder em população de refugiados na África. Mais de 70% são do Sudão do Sul, país que passa por uma grave crise de segurança e alimentar. Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) apoia milhares de refugiados, mas déficit de 60 milhões de dólares para os próximos seis meses põe em risco operação de ajuda humanitária.

Mais no vídeo e clicando aqui.

Na imagem de capa do vídeo, trabalhadora humanitária trata de criança com desnutrição no centro de saúde do campo de refugiados de Nyumanzi, Uganda, em maio de 2017. Crédito da foto: ACNUR/Jiro Ose.


Mais notícias de:

Comente

comentários