Crianças refugiadas que vivem em Brasília ganham festa para comemorar Dia Universal da Criança

Nesta quarta-feira, dia 20 de novembro, a partir das 14h, Brasília recebe o encerramento de uma extensa programação dedicada às crianças refugiadas que vivem no Brasil.

Nesta quarta-feira, dia 20 de novembro, a partir das 14h, Brasília recebe o encerramento de uma extensa programação dedicada às crianças refugiadas que vivem no Brasil.

Cerca de 20 pequenos refugiados de nacionalidades como Colômbia, Paquistão e Sudão irão ganhar brinquedos e uma animada festa na Casa de Cultura do Varjão. A data também celebra o Dia Universal da Criança, instituído pelas Nações Unidas em homenagem à Declaração dos Direitos da Criança, em 1959. A iniciativa é da ONG “Eu Conheço Meus Direitos” (IKMR, na sigla em inglês) em parceria com o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH) e apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR).

Com pula-pula, jogos, doação de brinquedos e maquiagem artística, a festa integra a campanha “Pelo Direito de Brincar”, promovida pela ONG brasileira IKMR desde o início de outubro. Cerca de 200 crianças refugiadas e solicitantes de refúgio já comemoram a data em outras seis cidades brasileiras que concentram famílias refugiadas atendidas por ONGs parceiras do ACNUR: Manaus (MA), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo e Guarulhos (SP), Sapucaia do Sul e Sapiranga (RS).

Uma menina sudanesa de 9 anos será uma das convidas especiais da festa. Ela virá de São Paulo com a família para apresentar as músicas que aprendeu a cantar em português, entre elas “Tocando em frente”, consagrada pelo músico Almir Sater, com os versos “Ando devagar porque já tive pressa e levo este sorriso porque já chorei demais”.

Durante as atividades em Brasília, a IKMR lançará seu portal na Internet com informações sobre crianças refugiadas ao redor do mundo (www.ikmr.org). Fundada em junho de 2012, a IKMR é uma organização não governamental brasileira, sem fins lucrativos, sediada em Uberlândia (MG), que tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças refugiadas e solicitantes de refúgio no Brasil. O país abriga cerca de 4.400 refugiados de diferentes nacionalidades, sendo que 12% deles são crianças e jovens entre zero e 17 anos de idade.

Serviço:
Festa para crianças refugiadas em Brasília
Endereço: Casa de Cultura do Varjão – Quadra 02, Conjunto D, Lote 02 – Varjão-DF
Horário: 14h

Contato para entrevistas:
● IKMR: (11) 96336.2497 (Viviane Reis, Diretora executiva)
● ACNUR: (61) 3044.5744 (Unidade de Informação Pública)