COVID-19: ONU Mulheres lista 9 ações para eliminar as desigualdades de gênero dentro de casa

Enquanto todas as pessoas fazem a sua parte para retardar a disseminação da COVID-19 praticando o distanciamento e o isolamento social, a ONU Mulheres compartilha algumas das melhores recomendações para apoiar a igualdade de gênero em casa, em cada canto do planeta.

A pandemia da COVID-19 não é apenas um problema de saúde. É um choque profundo para as sociedades e economias. Alterou drasticamente a vida cotidiana.

E enquanto as pessoas estão engajadas nas medidas de distanciamento social, como acontece em qualquer crise ou pandemia, as mulheres estão sendo afetadas pela COVID-19 de maneiras diferentes e menos visíveis.

Enquanto todas as pessoas fazem a sua parte para retardar a disseminação da COVID-19 praticando o distanciamento e o isolamento social, a ONU Mulheres compartilha algumas das melhores recomendações para apoiar a igualdade de gênero em casa, em cada canto do planeta.

1. Compartilhe os cuidados em casa

Desde cozinhar e limpar, buscar água e lenha ou cuidar de crianças e pessoas idosas, as mulheres realizam três vezes mais tarefas domésticas e trabalho não remunerado do que os homens.

Enquanto mais e mais pessoas e famílias estão isoladas em suas casas para impedir a propagação da COVID-19, as responsabilidades com os cuidados estão sempre em alta.

Cabe a toda família compartilhar o cuidado: o apoio a crianças por meio de ensino à distância ou a pessoas idosas e vulneráveis, cozinhar, limpar e administrar as famílias.

2. Conheça os fatos da COVID-19

Embora as pessoas estejam se ajustando às novas normas e processam a ansiedade e a preocupação frente à pandemia, é muito importante conhecer todos os fatos e impedir a disseminação de informações erradas.

Obtenha informações de fontes confiáveis ​​e de especialistas.

Você pode aprender mais sobre por que o gênero é importante na resposta à COVID-19 e obter informações e análises atualizadas na ONU Mulheres no documento: Igualdade de gênero é importante na resposta do COVID-19 (em inglês).

E aprenda mais com as Nações Unidas aqui: https://nacoesunidas.org/tema/coronavirus/

3. Leia, assista, ouça e compartilhe histórias de mulheres

Mantenha-se em segurança, com tarefas e aprenda mais sobre feminismo enquanto fica em casa. Leia um livro feminista que reflete como as experiências das mulheres ao redor do mundo são realmente diversas.

Aqui estão as recomendações da ONU Mulheres para você começar. Encontre programas, podcasts, contas de mídia social e filmes exibidos, escritos ou produzidos por mulheres. Confira a coleção “Porque ela assistiu” elaborada pela ONU Mulheres na Netflix, que celebra as histórias de mulheres inspiradoras.

Se você está procurando mais informações sobre a história dos direitos das mulheres, confira a linha do tempo interativa da ONU Mulheres.

4. Fale sobre a igualdade de gênero com sua família

Distanciamento social significa que o lar se torna uma escola para muitas famílias em todo o mundo. Adicione feminismo ao currículo.

Converse sobre igualdade de gênero com sua família, amigos e amigas – especialmente crianças, meninos e meninas.

Conversando com as crianças sobre igualdade entre todos os sexos e o que ainda precisa ser feito para alcançarmos um mundo igual, você as prepara para liderar o caminho para um futuro melhor para todas as pessoas.

5. Continue seu ativismo online

Em todo o mundo, as mulheres estão sendo desproporcionalmente afetadas pelo impacto social e econômico da crise do novo coronavírus, o que exacerba as desigualdades de gênero já existentes.

Continue a defender os direitos das mulheres e a igualdade de gênero participando da campanha Geração Igualdade, da ONU Mulheres, e expressando o seu compromisso com um futuro igual nas mídias sociais, usando #GeraçãoIguadade. Você pode baixar GIFs legais, slogans e muito mais em nosso pacote de mídia social.

Você também pode encontrar cards de dados, imagens e vídeos informativos sobre o #coronavírus e mensagens de solidariedade no pacote de mídia social #COVID19 da ONU Mulheres.

6. Apoie a causa

As mulheres foram duramente atingidas pela COVID-19, pois constituem 70% das pessoas que trabalham do setor social e de saúde em todo o mundo e estão na linha de frente da resposta.

Mais mulheres trabalham na economia informal e em empregos com salários mais baixos, e elas têm menos meios de se ajustar às dificuldades em suas vidas.

Quando as famílias são colocadas sob pressão, a violência doméstica geralmente aumenta, assim como a exploração sexual. A COVID-19 provavelmente está impulsionando tendências semelhantes no momento.

A ONU Mulheres está trabalhando para apoiar todas as mulheres na linha de frente da luta contra essa pandemia; promova acordos de trabalho flexíveis para mulheres com uma carga de cuidados; e priorize serviços para prevenir a violência doméstica baseada em gênero. Agora você também pode ajudá-las.

Por favor, doe hoje em donate.unwomen.org

7. Eduque-se

O distanciamento social e a auto-quarentena significam mais tempo para aprender. Sobre igualdade de gênero em emergências à infraestrutura, faça um dos cursos online gratuitos e de ritmo individual da ONU Mulheres.

Você também pode fazer passeios virtuais e ver exposições online de alguns dos museus mais famosos do mundo, do Musée d’Orsay em Paris ao Museu Britânico em Londres, Van Gogh Museum em Amsterdã, Guggenheim na cidade de Nova Iorque e muito mais.

Enquanto você está em distanciamento social, aproveite a oportunidade para aprender sobre mulheres artistas que foram negligenciadas ao longo da história e continuam subvalorizadas.

Você pode até aprender sobre os principais marcos do movimento pelos direitos das mulheres, o progresso, a retração e as vozes e aspirações de mulheres líderes de todos os cantos do mundo na exposição online “Geração Igualdade: a hora é agora!

8. Faça sua parte, salve vidas

Há muitas maneiras de você se conectar à sua comunidade enquanto está em distanciamento social. Pratique a solidariedade social, com distância física!

O que quer que você esteja passando agora, saiba que há alguém passando por experiências semelhantes, tentando se ajustar a esse novo normal.

Apoiar as pessoas ao seu redor e ficar perto da sua comunidade pode ajudar a permanecer forte enquanto ajuda as outras pessoas.

9. Cuide da sua saúde mental

Priorizar a saúde mental é importante durante períodos de alto estresse. Defina um lembrete para dar um tempo nas notícias. Encontre momentos de felicidade se conectando com amigos, amigas e familiares, relaxando e praticando a atenção plena.

Como a pandemia da COVID19 está mantendo a maioria das pessoas longe de pessoas amadas, é completamente normal sentir ansiedade, exclusão ou se sobrecarregar com as responsabilidades profissionais ou familiares.

Lembre-se, você não está sozinha, sozinho. Estamos juntas e juntos nisso. Nós vamos superar isso juntas e juntos.