COVID-19: líderes mundiais se reunirão em setembro na primeira Assembleia Geral virtual da ONU

Os debates da Assembleia Geral, tradicionalmente o evento de maior destaque da ONU no ano, reunirão líderes mundiais virtualmente em setembro, que farão discursos por meio de vídeos, disse um porta-voz das Nações Unidas na quinta-feira (23).

O novo formato virtual deve-se em grande parte à pandemia de COVID-19, uma vez que muitos países continuam a lidar com as consequências sanitárias, sociais e econômicas da crise.

Sede da ONU, em Nova Iorque. Foto: ONU/Rick Bajornas

Sede da ONU, em Nova Iorque. Foto: ONU/Rick Bajornas

Os debates da Assembleia Geral, tradicionalmente o evento de maior destaque da ONU no ano, reunirão líderes mundiais virtualmente em setembro, que farão discursos por meio de vídeos, disse um porta-voz das Nações Unidas na quinta-feira (23).

O novo formato virtual deve-se em grande parte à pandemia de COVID-19, uma vez que muitos países continuam a lidar com as consequências sanitárias, sociais e econômicas da crise.

Embora o número de novos casos de COVID-19 em Nova Iorque tenha caído drasticamente desde que a cidade foi durante algum tempo o epicentro global da pandemia, em abril, os Estados Unidos como um todo têm quase 4 milhões de casos notificados, superando qualquer outro país.

Discursos gravados

Em coletiva de imprensa, Reem Abaza, porta-voz do presidente da Assembleia Geral, Tijjani Muhammad-Bande, disse que cada Estado-membro, Estado observador e União Europeia foi convidado a enviar um vídeo pré-gravado, entregue por seu funcionário de alto nível designado, que será transmitido no salão da Assembleia Geral.

O salão não ficará vazio: Abaza explicou que os vídeos serão apresentados por um representante de cada Estado, que estará fisicamente presente.

O mesmo procedimento será aplicado a uma série de sessões especiais de alto nível programadas, incluindo uma comemoração do marco de 75 anos das Nações Unidas; uma cúpula sobre biodiversidade; e uma reunião para comemorar e promover o Dia Internacional para a Eliminação Total de Armas Nucleares.

Abaza disse aos jornalistas que mais detalhes sobre a organização dos eventos deste ano, incluindo logística, serão divulgados “no devido tempo”.

Eventos paralelos, como a New York Climate Week, dificilmente receberão visitantes de Nova Iorque este ano, seguindo a sugestão de Muhammad-Bande de que sejam realizados online.

A decisão de apresentar vídeos pré-gravados no Debate Geral de Alto Nível, que ocorre no início da 75ª sessão da Assembleia Geral, foi tomada pelo órgão da ONU na quarta-feira (22), usando o novo método do “procedimento de silêncio”.

Segundo esse método, o presidente da Assembleia Geral distribui projetos de resolução, que dão aos Estados-membros um prazo de pelo menos 72 horas para levantar objeções. Se não houver objeções, o presidente faz circular uma carta confirmando que a resolução foi adotada.