Coreia do Norte: ONU manifesta preocupação com fim da moratória de testes nucleares

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse estar “profundamente preocupado” com o fato de a Coreia do Norte ter encerrado a moratória sobre testes nucleares e de mísseis, disse seu porta-voz em comunicado divulgado na quarta-feira (1).

“O secretário-geral (da ONU) espera que os testes não sejam retomados, de acordo com as resoluções relevantes do Conselho de Segurança”, afirmou o comunicado.

Secretário-geral da ONU, António Guterres. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Secretário-geral da ONU, António Guterres. Foto: ONU/Eskinder Debebe

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse estar “profundamente preocupado” com o fato de a Coreia do Norte ter encerrado a moratória sobre testes nucleares e de mísseis, disse seu porta-voz em comunicado divulgado na quarta-feira (1).

A imprensa internacional informou que o líder norte-coreano Kim Jong-Un anunciou que seu país não estava mais vinculado à proibição autoimposta.

“O secretário-geral (da ONU) espera que os testes não sejam retomados, de acordo com as resoluções relevantes do Conselho de Segurança”, afirmou o comunicado.

“A não proliferação continua sendo um pilar fundamental da segurança nuclear global e deve ser preservada.”

Guterres também reiterou seu apoio à retomada do diálogo que visa promover a desnuclearização “completa e verificável” da Península Coreana.

“O engajamento diplomático é o único caminho para a paz sustentável”, concluiu.