Cooperação Sul-Sul e a Crise Financeira Mundial: Quais as perspectivas para o Sul?

Duas publicações do CIP-CI trazem luz às discussões sobre o impacto da atual situação econômica global nos esforços para a promoção da Cooperação Sul-Sul e mostra como esta modalidade de cooperação pode sobreviver à crise – e até ser fortalecida.

Duas publicações do CIP-CI trazem luz às discussões sobre o impacto da atual situação econômica global nos esforços para a promoção da Cooperação Sul-Sul e mostra como esta modalidade de cooperação pode sobreviver à crise – e até ser fortalecida.

A Unidade de Aprendizado Sul-Sul do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo lançou recentemente duas publicações que discutem as atuais tendências na cooperação Sul-Sul. Em South-South Cooperation in Times of Financial Crisis (Cooperação Sul-Sul em Tempos de Crise Financeira), Michelle Morais de Sá e Silva, recente Pesquisadora Visitante da Universidade de Columbia ao CIP-CI, argumenta que a Cooperação Sul-Sul será uma provável sobrevivente da atual instabilidade econômica mundial. Melissa Andrade, Coordenadora da Unidade de Aprendizado Sul-Sul do CIP-CI, argumenta em Is the South Ready for South-South Cooperation? (O Sul está pronto para a Cooperação Sul-Sul?), que o Sul precisa aprimorar sua capacidade de cooperar e investir na arquitetura institucional necessária para o aprendizado Sul-Sul.

Michelle Morais de Sá e Silva traça uma evolução histórica da cooperação Sul-Sul, e mostra que, levando em consideração as experiências de crises globais passadas, os princípios centrais deste tipo de cooperação não serão apagados pela situação atual. Ela discute as implicações de possíveis quedas na Assistência Oficial para o Desenvolvimento (ODA) nas iniciativas de Cooperação Sul-Sul. A autora também analisa as conseqüências das transições políticas em diversos países do Sul e suas implicações nos esforços de cooperação.

Is the South Ready for South-South Cooperation? (O Sul está pronto para a Cooperação Sul-Sul?) traz novamente à tona a importância do desenvolvimento de capacidades nos países em desenvolvimento como um fator imperativo para o fortalecimento do aprendizado Sul-Sul em questões-chave de desenvolvimento. Neste aspecto, ela examina a necessidade de expansão das capacidades dos governos de cooperar entre si e compartilhar informações e experiências políticas, assim como as barreiras de comunicação que afetam o conhecimento e aprendizado no âmbito Sul-Sul. A autora defende ainda a importância da transferência de conhecimento e cooperação em áreas além da área comercial, destacando experiências recentes no aprendizado Sul-Sul a respeito de programas sociais.

O CIP-CI anuncia também o lançamento da 4a Newsletter Brazil & Africa, em português e inglês, que reúne informações recentes a respeito do Programa África-Brasil de Cooperação em Desenvolvimento Social, uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o Departamento Britânico para o Desenvolvimento Internacional (DFID) e o CIP-CI, com o objetivo de prover assistência técnica a países africanos no desenvolvimento de programas e políticas sociais e de promover a troca de conhecimentos e experiências políticas.

Tópicos apresentados:

  • Boas perspectivas para Proteção Social em Angola
  • Fórum Social Mundial e a Cooperação Sul-Sul na Sociedade Civil
  • Entrevista com Fernando Campos Guanais de Aguiar
  • Programa de Cisternas é Ampliado para Apoiar a Produção de Alimentos
  • Tipos de Tecnologia para a Segunda Água
  • Incluindo Gênero na Cooperação Sul-Sul

Acesse os documentos:

Recursos adicionais:

Informações para Contato:
Sr. Francisco Filho
Assessoria de Comunicação, Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo
Grupo de Pobreza, Escritório de Políticas para o Desenvolvimento
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento
E-mail: francisco.filho@undp.org
Telefone: + 55 (61) 2105 5036
Website: http://www.ipc-undp.org