Consultor do UNFPA visita unidades de saúde da rede pública para conhecer acesso a contraceptivos

Entre 29 de outubro e 1º de novembro, Carlos Anigstein, médico e consultor internacional, visitou unidades de saúde do Distrito Federal (DF) para conhecer mais sobre as rotinas de acesso a contraceptivos na rede pública de saúde, principalmente o Dispositivo Intrauterino (DIU).

A visita aconteceu a convite do escritório regional da América Latina e o Caribe do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA/LACRO) com o objetivo criar um material de boas práticas em saúde a ser compartilhado entre os países da região.

Médico e consultor internacional, Carlos Anigstein; secretário de saúde do DF, Osnei Okumoto e a oficial de programa para Segurança de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva, Nair Souza. Foto: UNFPA Brasil.

Médico e consultor internacional, Carlos Anigstein; secretário de saúde do DF, Osnei Okumoto e a oficial de programa para Segurança de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva, Nair Souza. Foto: UNFPA Brasil.

A convite do escritório regional da América Latina e o Caribe do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA/LACRO), o médico e consultor internacional Carlos Anigstein visitou unidades de saúde do Distrito Federal (DF), entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro, para conhecer mais sobre as rotinas de acesso a contraceptivos na rede pública de saúde, principalmente o Dispositivo Intrauterino (DIU).

Carlos Anigstein entrevistou profissionais da Secretaria de Saúde e se reuniu com o secretário de saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto.

Entre os locais visitados, estão o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN); a Unidade Básica de Saúde 03, do Guará II; e a Unidade Básica da Saúde da Nova Colina, de Sobradinho II.

Parcerias para impulsionar saúde reprodutiva

O UNFPA Brasil já realiza ações em parceria com o governo local, promovendo ações em saúde reprodutiva no Distrito Federal.

Segundo a oficial de programa para Segurança de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva, Nair Souza, o objetivo desta visita foi “conhecer boas práticas e criar um material substancial que possa ser compartilhado em outros países da América Latina e Caribe”, explica.

Embora o Governo do Distrito Federal, com apoio do Ministério da Saúde, ofereça gratuitamente oito métodos contraceptivos na rede pública, a Secretaria de Saúde tem dado especial atenção ao DIU de cobre, oferecendo treinamento e capacitação para servidores realizarem a implantação nas próprias unidades básicas.

Em junho, um mutirão para colocar o dispositivo atraiu milhares de mulheres interessadas.

Sobre a visita

– Quarta-feira, 30/10:

1) Entrevista com a Coordenadora de Atenção Primária à Saúde, Dra. Maria Alessio, das 10h às 12h na sede da Secretaria de Saúde do DF.

2) Visita ao HRAN, das 14h30 às 17h.

– Quinta-feira, 31/10:

1) Visita à Unidade Básica de Saúde 03, Guará II, das 10h às 12h.

2) Visita à Unidade Básica de Saúde de Nova Colina, Sobradinho II, das 10h às 12h.

Sobre o consultor

Carlos Anigstein é médico pediatra, mestre em sistemas de saúde e seguridade social e vive em Buenos Aires, na Argentina.

Com mais de 30 anos de experiência em gestão de saúde e fortalecimento da rede de atendimento, presta consultorias sobre boas práticas em saúde para o escritório regional do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA/LACRO).

Sobre o UNFPA

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais.

Desde sua criação, em julho de 1967, tem sido um ator chave nos para oferecer apoio na formulação e monitoramento de políticas e programas sobre população e desenvolvimento, saúde sexual, reprodutiva e direitos.