Conselho de Segurança decide recomendar reeleição de Ban Ki-moon; Leia declaração do Secretário-Geral

O Conselho de Segurança recomendou nesta sexta-feira (17/6) o nome do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para um segundo mandato à frente das Nações Unidas. “Estou profundamente honrado pelo voto unânime do Conselho de Segurança para me recomendar à Assembleia Geral para um segundo mandato como Secretário-Geral”, declarou há pouco Ban (leia aqui na íntegra).

Conselho de Segurança decide recomendar reeleição de Ban Ki-moon; Leia aqui a declaração do Secretário-GeralO Conselho de Segurança recomendou nesta sexta-feira (17/6) o nome do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para um segundo mandato à frente das Nações Unidas.

“Estou profundamente honrado pelo voto unânime do Conselho de Segurança para me recomendar à Assembleia Geral para um segundo mandato como Secretário-Geral”, declarou há pouco Ban (leia abaixo na íntegra).

A decisão do Conselho terá agora de ser submetida à Assembleia Geral da ONU. A votação está marcada para esta terça-feira (21/6). Ban recebeu a notícia em Brasília, onde está realizando uma visita oficial de dois dias ao Brasil.

Ele colocou seu nome à disposição da ONU para continuar chefiando a Organização no último dia 6 de junho. O mandato do Secretário-Geral da ONU dura cinco anos. Ban assumiu o cargo em 1º de janeiro de 2007 e deve terminar o período em 31 de dezembro próximo. Se for reeleito, ficará no cargo até 2016.

Leia e ouça abaixo a declaração em português e inglês.

DECLARAÇÃO DO SECRETÁRIO-GERAL APÓS VOTAÇÃO NO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU

Brasília, 17 de junho de 2011
[audio:http://onu.org.br/img/sg_statement_on_reelection_17_june_2011.mp3%5D

Estou profundamente honrado pelo voto unânime do Conselho de Segurança para me recomendar à Assembleia Geral para um segundo mandato como Secretário-Geral.

Com esta recomendação pelo Conselho de Segurança, eu humildemente me coloco à apreciação da Assembleia Geral.

É um imenso privilégio servir a esta grande Organização como Secretário-Geral, e sou grato pela confiança e apoio.

Durante os últimos quatro anos e meio, trabalhamos em estreita colaboração com todos os Estados-Membros, incluindo o Conselho de Segurança, para alcançar progressos em questões globais críticas de paz e segurança, desenvolvimento e direitos humanos.

Estou orgulhoso de tudo o que fizemos juntos, assim como eu estou ciente dos desafios formidáveis à frente.

No século 21, a Organização das Nações Unidas é importante de uma maneira diferente e mais profunda.

Estou motivado e preparado para continuar o nosso trabalho juntamente com os Estados-Membros, defendendo os princípios consagrados na Carta.

THE SECRETARY-GENERAL STATEMENT FOLLOWING SECURITY COUNCIL VOTE

Brasilia, 17 June 201

[audio:http://onu.org.br/img/sg_statement_on_reelection_17_june_2011.mp3%5D

I am deeply honoured by the unanimous vote of the Security Council to recommend me to the General Assembly for a second term as Secretary-General.

With this recommendation by the Security Council, I will humbly put myself for consideration by the General Assembly.

It is an immense privilege to serve this great Organization as Secretary-General, and I am grateful for the confidence and support.

During the past four and a half years, we have worked closely with all the Member States, including the Security Council, to achieve progress on critical global issues of peace and security, development and human rights.

I am proud of all we have done together, even as I am aware of formidable challenges ahead.

In the 21st century, the United Nations matters in a different and deeper way.

I am motivated and prepared to continue our work together with the Member States, upholding the principles enshrined in the Charter.