Conselho de Segurança da ONU pede fim de ataques contra civis no Iêmen

Secretário-Geral das Nações Unidas reiterou pedido para que o Governo do Iêmen e grupos de oposição se comprometam em resolver o atual conflito no país.

O Conselho de Segurança da ONU pediu neste sábado (24/09) que todas as partes no Iêmen parem com a violência e que avancem rapidamente em direção a um processo de transição política inclusivo e ordenado, que atenda as aspirações do povo por mudanças.

Na declaração emitida pelo Embaixador do Líbano, Nawaf Salam, que preside o órgão este mês, os membros do Conselho expressaram grande preocupação com a situação econômica, humanitária e de segurança no Iêmen, inclusive devido a ameaças da Al-Qaeda em algumas partes do país. Os membros pediram também as partes envolvidas que garantam o acesso para o fornecimento de ajuda humanitária, e que não prejudiquem infraestruturas vitais.

Na última sexta-feira (23), o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, comentou a volta do Presidente Ali Abdullah Saleh ao país – ele estava recebendo tratamento médico na Arábia Saudita – e reiterou seu pedido para que o Governo do Iêmen e os grupos de oposição se comprometam em resolver o atual conflito.