Conselho de Direitos Humanos da ONU abre seleção para relatores independentes

O secretariado do Conselho de Direitos Humanos da ONU abriu seleção para sete vagas de relatores independentes, que serão selecionados durante reunião do órgão no ano que vem em Genebra. O prazo para o envio de candidaturas é 16 de novembro.

Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, durante sessão com relatores especiais. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, durante sessão com relatores especiais. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

O secretariado do Conselho de Direitos Humanos da ONU abriu seleção para sete vagas de relatores independentes, que serão selecionados durante reunião do órgão no ano que vem em Genebra. O prazo para o envio de candidaturas é 16 de novembro.

Há vagas para relator especial para o direito ao desenvolvimento, relator especial para o direito à liberdade de associação e reunião pacífica e relator especial para grupo de trabalho sobre desaparecimentos forçados e involuntários de América Latina e Caribe, entre outros.

Os relatores especiais e especialistas independentes são indicados pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra para examinar e reportar questões de direitos humanos ou a situação de um determinado país. Os cargos são honorários, e os especialistas não são funcionários das Nações Unidas, nem são pagos por esse trabalho.

As candidaturas podem ser enviadas pelo site do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH).

Mais informações sobre inscrição e processo seletivo também podem ser acessadas online.