Países-membros da ONU

O direito de tornar-se membro das Nações Unidas cabe a todas as nações amantes da paz que aceitarem os compromissos da Carta e que, a critério da Organização, estiverem aptas e dispostas a cumprir tais obrigações.

A ONU possui hoje 193 Países-membros. Abaixo, a lista completa de todos os países que fazem parte das Nações Unidas, assim como a data de sua admissão na Organização.

Todos aqueles países marcados com asteriscos são os membros fundadores da ONU. O total de membros fundadores da ONU é de 51 países, entre eles o Brasil.

Membros-Fundadores

Chamam-se Membros-fundadores das Nações Unidas os países que assinaram a Declaração das Nações Unidas de 1º de janeiro de 1942 ou que tomaram parte da Conferência de São Francisco, tendo assinado e ratificado a Carta. Outros países podem ingressar nas Nações Unidas por decisão da Assembléia Geral mediante recomendação do Conselho de Segurança.

Suspensão

A suspensão pode ocorrer quando o Conselho de Segurança tomar medidas preventivas ou coercitivas contra um Estado-Membro, cabendo a expulsão sempre que houver uma violação persistente dos preceitos da Carta. O exercício dos direitos e privilégios de um membro que tenha sido suspenso pode ser restabelecido pelo Conselho de Segurança.

  • A
  • B
  • C
  • D – E
  • F – H
  • I – K
  • L – M
  • N – Q
  • R – S
  • T – Z
  • Afeganistão
    Afeganistão
    (19 de novembro de 1946)
  • África do Sul
    África do Sul
    (7 de novembro de 1945)
  • Albânia
    Albânia
    (14 de dezembro de 1955)
  • Alemanha
    Alemanha
    [4](18 de setembro de 1973)
  • Andorra
    Andorra
    (28 de julho de 1993)
  • Angola
    Angola
    (1º de dezembro de 1976)
  • Antigua
    Antígua e Barbuda
    (11 de novembro de 1981)
  • Arabia
    Arábia Saudita
    (24 de outubro de 1945)
  • Argélia
    Argélia
    (8 de outubro de 1962)
  • Argentina
    Argentina
    (24 de outubro de 1945)
  • Armenia
    Armênia
    (2 de março de 1992)
  • Australia
    Austrália
    (1º de novembro de 1945)
  • Austria
    Áustria
    (14 de dezembro de 1955)
  • Azerbaijao
    Azerbaidjão
    (2 de março de 1992)
  • Bahamas
    Bahamas
    (18 de setembro de 1973)
  • Bangladesh
    Bangladesh
    (17 de setembro de 1974)
  • Barbados
    Barbados
    (9 de dezembro de 1966)
  • Bahrain
    Barein
    (21 de setembro de 1971)
  • Belarus
    Belarus
    (24 de outubro de 1945)
  • Belgica
    Bélgica
    (27 de dezembro de 1945)
  • Belize
    Belize
    (25 de setembro de 1981)
  • Benim
    Benim
    (20 de setembro de 1960)
  • Bolivia
    Bolívia
    (14 de novembro de 1945)
  • Bos_Her
    Bósnia-Herzegóvina
    [1](22 de maio de 1992)
  • Botsuana
    (17 de outubro de 1966)
  • Brasil
    (24 de outubro de 1945)
  • Brunei
    (21 de setembro de 1984)
  • Bulgária
    (14 de dezembro de 1955)
  • Burkina Faso
    (20 de setembro de 1960)
  • Burundi
    (18 de setembro de 1962)
  • Butão
    (21 de setembro de 1971)
  • Cabo Verde
    (16 de setembro de 1975)
  • Camarões
    (20 de setembro de 1960)
  • Camboja
    (14 de dezembro de 1955)
  • Canadá
    (9 de novembro de 1945)
  • Catar
    (21 de setembro de 1971)
  • Cazaquistão
    (2 de março de 1992)
  • Chade
    (20 de setembro de 1960)
  • Chile
    (24 de outubro de 1945)
  • China
    (24 de outubro de 1945)
  • Chipre
    (20 de setembro de 1960)
  • Cingapura
    (21 de setembro de 1965)
  • Colômbia
    (5 de novembro de 1945)
  • Comores
    (12 de novembro de 1975)
  • Congo
    (20 de setembro de 1960)
  • Coreia do Norte
    (17 de setembro de 1991)
  • Coreia do Sul
    (17 de setembro de 1991)
  • Costa do Marfim
    (20 de setembro de 1960)
  • Costa Rica
    (2 de novembro de 1945)
  • Croácia
    [1](22 de maio de 1992)
  • Cuba
    (24 de outubro de 1945)
  • Dinamarca
    (24 de outubro de 1945)
  • Djibuti
    (20 de setembro de 1977)
  • Dominica
    (18 de dezembro de 1978)
  • Egito
    (24 de outubro de 1945)
  • El Salvador
    (24 de outubro de 1945)
  • Emirados Árabes Unidos
    (9 de dezembro de 1971)
  • Equador
    (21 de dezembro de 1945)
  • Eritreia
    (28 de maio de 1993)
  • Eslováquia
    [2](19 de janeiro de 1993)
  • Eslovênia
    [1](22 de maio de 1992)
  • Espanha
    (14 de dezembro de 1955)
  • Estados Unidos
    (24 de outubro de 1945)
  • Estônia
    (17 de setembro de 1991)
  • Etiópia
    (13 de novembro de 1945)
  • Federação Russa
    [5](24 de outubro de 1945)
  • Fiji
    (13 de outubro de 1970)
  • Filipinas
    (24 de outubro de 1945)
  • Finlândia
    (14 de dezembro de 1955)
  • França
    (24 de outubro de 1945)
  • Gabão
    (20 de setembro de 1960)
  • Gâmbia
    (21 de setembro de 1965)
  • Gana
    (8 de março de 1957)
  • Geórgia
    (31 de julho de 1992)
  • Granada
    (17 de setembro de 1974)
  • Grécia
    (25 de outubro de 1945)
  • Guatemala
    (21 de novembro de 1945)
  • Guiana
    (20 de setembro de 1966)
  • Guiné
    (12 de dezembro de 1958)
  • Guiné-Bissau
    (17 de setembro de 1974)
  • Guiné-Equatorial
    (12 de novembro de 1968)
  • Haiti
    (24 de outubro de 1945)
  • Holanda – Países Baixos
    (10 de dezembro de 1945)
  • Honduras
    (17 de dezembro de 1945)
  • Hungria
    (14 de dezembro de 1955)
  • Iêmen
    (30 de setembro de 1947)
  • Ilhas Marshall
    (17 de setembro de 1991)
  • Ilhas Salomão
    (19 de setembro de 1978)
  • Índia
    (30 de outubro de 1945)
  • Indonésia
    (28 de setembro de 1950)
  • Irã
    (24 de outubro de 1945)
  • Iraque
    (21 de dezembro de 1945)
  • Irlanda
    (14 de dezembro de 1955)
  • Islândia
    (19 de novembro de 1946)
  • Israel
    (11 de maio de 1949)
  • Itália
    (14 de dezembro de 1955)
  • Jamaica
    (18 de setembro de 1962)
  • Japão
    (18 de dezembro de 1956)
  • Jordânia
    (14 de dezembro de 1955)
  • Kiribati
    (14 de setembro de 1999)
  • Kuwait
    (14 de maio de 1963)
  • Laos
    (14 de dezembro de 1955)
  • Lesoto
    (17 de outubro de 1966)
  • Letônia
    (17 de setembro de 1991)
  • Líbano
    (24 de outubro de 1945)
  • Libéria
    (2 de novembro de 1945)
  • Líbia
    (14 de dezembro de 1955)
  • Liechtenstein
    (18 de setembro de 1990)
  • Lituânia
    (17 de setembro de 1991)
  • Luxemburgo
    (24 de outubro de 1945)
  • Macedônia
    [1](8 de abril de 1993)
  • Madagascar
    (20 de setembro de 1960)
  • Malásia
    (17 de setembro de 1957)
  • Malauí
    (1º de dezembro de 1964)
  • Maldivas
    (21 de setembro de 1965)
  • Mali
    (28 de setembro de 1960)
  • Malta
    (1º de dezembro de 1964)
  • Marrocos
    (12 de novembro de 1956)
  • Maurício
    (24 de abril de 1968)
  • Mauritânia
    (27 de outubro de 1961)
  • México
    (7 de novembro de 1945)
  • Micronésia
    (17 de setembro de 1991)
  • Moçambique
    (16 de setembro de 1975)
  • Mianmar
    (19 de abril de 1948)
  • Moldávia
    (2 de março de 1992)
  • Mônaco
    (28 de maio de 1993)
  • Mongólia
    (27 de outubro de 1961)
  • Montenegro
    [1]

    [6](28 de junho de 2006)

  • Namíbia
    (23 de abril de 1990)
  • Nauru
    (14 de setembro de 1999)
  • Nepal
    (14 de dezembro de 1955)
  • Nicarágua
    (24 de outubro de 1945)
  • Níger
    (20 de setembro de 1960)
  • Nigéria
    (7 de outubro de 1960)
  • Noruega
    (27 de novembro de 1945)
  • Nova Zelândia
    (24 de outubro de 1945)
  • Omã
    (7 de outubro de 1971)
  • Palau
    (15 de dezembro de 1994)
  • Panamá
    (13 de novembro de 1945)
  • Papua Nova Guiné
    (10 de outubro de 1975)
  • Paquistão
    (30 de setembro de 1947)
  • Paraguai
    (24 de outubro de 1945)
  • Peru
    (31 de outubro de 1945)
  • Polônia
    (24 de outubro de 1945)
  • Portugal
    (14 de dezembro de 1955)
  • Quênia
    (16 de dezembro de 1963)
  • Quirguistão
    (2 de março de 1992)
  • Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
    (24 de outubro de 1945)
  • República Centro-Africana
    ( 20 de setembro de 1960)
  • República Democrática do Congo
    [3](20 de setembro de 1960)
  • República Dominicana
    (24 de outubro de 1945)
  • República Tcheca
    [2](19 de janeiro de 1993)
  • Romênia
    (14 de dezembro de 1955)
  • Ruanda
    (18 de setembro de 1962)
  • Samoa
    (15 de dezembro de 1976)
  • San Marino
    (2 de março de 1992)
  • Santa Lúcia
    (18 de setembro de 1979)
  • São Cristóvão e Névis
    (23 de setembro de 1983)
  • São Tomé e Príncipe
    (16 de setembro de 1975)
  • São Vicente e Granadinas
    (16 de setembro de 1980)
  • Senegal
    (28 de setembro de 1960)
  • Serra Leoa
    (27 de setembro de 1961)
  • Sérvia
    [1][6](1º de novembro de 2000)
  • Seicheles
    (21 de setembro de 1976)
  • Síria
    (24 de outubro de 1945)
  • Somália
    (20 de setembro de 1960)
  • Sri Lanka
    (14 de dezembro de 1955)
  • Suazilândia
    (24 de setembro de 1968)
  • Sudão
    (12 de novembro de 1956)
  • Sudão do Sul
    (14 de julho de 2011)
  • Suécia
    (19 de novembro de 1946)
  • Suíça
    (10 de setembro de 2002)
  • Suriname
    (4 de dezembro de 1975)
  • Tadjiquistão
    (2 de março de 1992)
  • Tailândia
    (16 de dezembro de 1946)
  • Tanzânia
    (14 de dezembro de 1961)
  • Timor-Leste
    (27 de setembro de 2002)
  • Togo
    (20 de setembro de 1960)
  • Tonga
    (14 de setembro de 1999)
  • Trinidad e Tobago
    (18 de setembro de 1962)
  • Tunísia
    (12 de novembro de 1956)
  • Turquia
    (24 de outubro de 1945)
  • Turcomenistão
    (2 de março de 1992)
  • Tuvalu
    (5 de setembro de 2000)
  • Ucrânia
    (24 de outubro de 1945)
  • Uganda
    (25 de outubro de 1962)
  • Uruguai
    (18 de dezembro de 1945)
  • Uzbequistão
    (2 de março de 1992)
  • Vanuatu
    (15 de setembro de 1981)
  • Venezuela
    (15 de novembro de 1945)
  • Vietnã
    (20 de setembro de 1977)
  • Zâmbia
    (1º de dezembro de 1964)
  • Zimbábue
    (25 de agosto de 1980)

Notas

Membros fundadores da ONU. O total de membros fundadores da ONU é de 51 países, entre eles o Brasil.

[1] A República Federal Socialista da Iugoslávia foi membro-fundador das Nações Unidas até sua dissolução e subseqüente admissão de novos membros: Bósnia-Herzegóvina, Croácia, Eslovênia, Antiga República Iugoslava da Macedônia, Montenegro e Sérvia.

[2] A Tchecoslováquia foi membro-fundador da ONU até a divisão do país em República Tcheca e Eslováquia. Ambas fazem parte hoje da Organização.

[3] O Zaire foi membro da ONU até a mudança de seu nome para República Democrática do Congo, em 1997.

[4] A República Federal da Alemanha e a República Democrática Alemã foram membros da ONU de 1973 a 1990 quando os dois países decidiram se unificar.

[5] A URSS foi membro-fundador da ONU e, em 1991, tornou-se Federação Russa, após seu desmembramento em vários países.

[6] Em 2003, a República Federativa da Iugoslávia mudou seu nome para Sérvia e Montenegro. Após a independência de Montenegro, em 2006, Sérvia e Montenegro tornaram-se membros da Organização.