Conferência sobre parques industriais reúne mais de 700 participantes em Lima

Uma conferência internacional realizada em junho em Lima, no Peru, para promover diálogo e troca de experiência sobre como gerar as condições apropriadas para o desenvolvimento de parques industriais foi organizada pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), pela Associação Nacional das Indústrias (SNI) do Peru e pelo Ministério da Produção do país.

Mais de 700 participantes de 30 países de América Latina, África, Ásia e Europa ouviram as palestras de 60 painelistas internacionais e nacionais, incluindo representantes de governos de Peru, Argentina, Etiópia e Indonésia, entre outros. Durante os dois dias de discussões (11 e 12 de junho), os participantes compartilharam melhores práticas e lições aprendidas sobre gestão e desenvolvimento de parques industriais, e como apresentá-los como um modelo de sucesso a ser replicado no mundo todo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma conferência internacional realizada em junho em Lima, no Peru, para promover diálogo e troca de experiência sobre como gerar as condições apropriadas para o desenvolvimento de parques industriais foi organizada pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), pela Associação Nacional das Indústrias (SNI) do Peru e pelo Ministério da Produção do país.

O evento “Parques Industriais para o Desenvolvimento Industrial Inclusivo e Sustentável” foi inaugurada por LI Yong, diretor-geral da UNIDO; Rocío Barrios, ministro de Produção do Peru; e Ricardo Márquez Flores, presidente da SNI.

Mais de 700 participantes de 30 países de América Latina, África, Ásia e Europa ouviram as palestras de 60 painelistas internacionais e nacionais, incluindo representantes de governos de Peru, Argentina, Etiópia e Indonésia, entre outros. Durante os dois dias de discussões (11 e 12 de junho), os participantes compartilharam melhores práticas e lições aprendidas sobre gestão e desenvolvimento de parques industriais, e como apresentá-los como um modelo de sucesso a ser replicado no mundo todo.

Os parques industriais têm sido reconhecidos como poderosas ferramentas para impulsionar o desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável para países em desenvolvimento e economias de média renda. Quando planejados de maneira apropriada, eles oferecem uma oportunidade única de atender as três dimensões do desenvolvimento sustentável: equidade social, crescimento econômico e proteção ambiental, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“Nossa presença coletiva nesta conferência impulsionará o diálogo sobre a agenda de desenvolvimento dos parques industriais e sobre a visão futura do desenvolvimento industrial, alinhada aos ODS, e particularmente o ODS 9”, disse o diretor-geral da UNIDO, na abertura da conferência, referindo-se ao objetivo global que trata de indústria, inovação e infraestrutura.

O evento foi organizado no âmbito do PCP Peru, um programa da UNIDO implementado pelo Ministério da Produção desde 2018 para acelerar o desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável. “Esta conferência é um passo importante para a promoção dos parques industriais nos níveis regional e global”, disse a gerente do Programa de Parceria de País (PCP) Peru da UNIDO, Petra Schwager.

A conferência também fez parte da Semana da Indústria 2019, organizada pela SNI para seu 123º aniversário. Nesse contexto, as visitas a unidades industriais em Lima e nas províncias do país foram organizadas pela associação, assim como para Fóruns Regionais em Arequipa, Huancayo, Chiclayo e Pucallpa. Ricardo Márquez, da SNI, destacou que “os parques industriais geram resultados positivos para as pessoas, como a criação de empregos, crescimento de renda, proteção ambiental e novas oportunidades para comunidades vulneráveis, incluindo para as mulheres”.

A reunião também foi uma oportunidade para LI Yong reafirmar o compromisso da UNIDO com diversos projetos de desenvolvimento em andamento no país.

Reuniões construtivas foram realizadas com representantes nacionais, como o ministro da Produção peruano, Rocio Barrios, a ministra do Meio Ambiente, Lucia Ruiz, e o vice-ministro da Economia e Finanças, Michel Terreros, assim como com organizações parceiras, como o Secretariado de Estado para Assuntos Econômicos da Confederação Suíça (SECO), com o objetivo de colaborar com a implementação de projetos de desenvolvimento, incluindo o fortalecimento da qualidade do café e do cacau exportados pelo Peru e o desenvolvimento de parques eco-industriais no país — uma iniciativa que promove o desenvolvimento de infraestruturas produtivas sustentáveis.

Durante a conferência, um evento paralelo — “Impulsionando a Cooperação Sul-Sul e Triangular para o Desenvolvimento de Parques Industriais Inclusivos e Sustentáveis” — também foi realizado. Ele ofereceu uma oportunidade de explorar o potencial para criar sinergias e estabelecer potenciais colaborações para o desenvolvimento de parques industriais no futuro no âmbito da Cooperação Industrial Sul-Sul e Triangular.

O Ministério da Produção do Peru está agora planejando uma Estratégia Nacional para Parques Industriais, baseada em trabalhos anteriores de identificação, criação de conceito e de princípios-base elaborados em conjunto com a UNIDO. O ministério também busca desenvolver diretrizes legais para os parques industriais.


Comente

comentários