Conferência mundial da ONU discute novas tecnologias e ideias para o futuro das TIC

Mais de 3.500 pessoas participaram da Conferência Mundial da União Internacional das Telecomunicações (UIT) no Catar. Com o compartilhamento de conteúdo nas redes sociais, o evento conseguiu alcançar mais de 8 milhões de pessoas em todo o planeta.

ituMais de 3.500 pessoas participaram da Conferência Mundial da União Internacional das Telecomunicações (UIT), que aconteceu nesta semana em Doha, a capital do Catar. Foram cerca de 205 palestrantes e especialistas de 52 cidades do mundo que contribuíram para as discussões sobre o futuro das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Com o compartilhamento de conteúdo nas redes sociais, o evento conseguiu alcançar mais de 8 milhões de pessoas.

Durante o evento foram discutidas as principais tendências e inovações sobre as tecnologias em relação as regulamentações e políticas, modelos de negócios, serviços e aplicações, com foco em três grandes cenários: soluções, parcerias intersetoriais e o futuro inteligente. Além disso, os vencedores do concurso Jovens Inovadores apresentaram suas soluções digitais com forte impacto social.

“Nos últimos dias, vimos a evolução de um roteiro que oferece uma visão profunda, interativa e profundamente informativa sobre o futuro das TIC”, disse o secretário-geral da UIT, Hamadoun I. Touré. “Também estou profundamente impressionado com as ideias brilhantes que foram apresentadas pelo programa Jovens Inovadores sobre o futuro das tecnologias e dos negócios”, acrescentou Touré.

No debate sobre “construir um mundo melhor conectado”, o público discutiu o futuro do estilo de vida humana, que deve ser mais prático e mais inteligente, através de tecnologias futuristas como a conectividade 5G e de banda larga ubíqua, bem como viver em cidades e casas inteligentes, conectadas mundialmente.

A próxima conferência mundial será realizada em Budapeste (Hungria), entre 12 e 15 de outubro.

Para conferir a cobertura completa do evento, na versão em inglês, clique aqui.


Comente

comentários