Conferência Internacional da Juventude discute empregos verdes para o desenvolvimento sustentável

Rumo à Rio+20, Conferência Internacional da Juventude TUNZA debate o tema ‘Juventude & Economia Verde: Remodelando modos de vida e subsistência’, em Bandung, Indonésia.

Rumo à Rio+20, Conferência Internacional da Juventude TUNZA debate o tema ‘Juventude & Economia Verde: Remodelando modos de vida e subsistência’, em Bandung, Indonésia.

Conferência Internacional da Juventude discute Empregos Verdes para o Desenvolvimento Sustentável

Participantes:

  • Vice-Presidente da República da Indonésia, Professor Boediono
  • Ministro das Relações Exteriores, Marty Natalegawa
  • Ministro do Meio Ambiente, Muhammad Hatta
  • Kuntoro Pak, Chefe da Unidade Especial de Deliberação
  • Subsecretário Geral e Diretor-Executivo do PNUMA, Achim Steiner
  • Embaixador da Boa Vontade do PNUMA & renomado fotógrafo e cineasta, Yann Arthus Bertrand
  • Jovens e crianças representando países de todo o mundo
  • Vencedores do 20° Concurso Internacional Infantil que virão das Filipinas, Japão, Alemanha, Bahrein, Estados Unidos, México e Quênia.

Enquanto o mundo se prepara para a Conferência Rio+20, a ser realizada em junho de 2012, mais de 1.400 jovens de 120 países estão se reunindo na Indonésia no período de 27 de Setembro e 01 de outubro de 2011 para dar forma, nitidez e finalizar a sua posição sobre as discussões que acontecerão no ano que vem no Rio de Janeiro.

A Cúpula da Terra de 1992, ou Rio 92, marcou o surgimento do conceito do desenvolvimento sustentável contemporâneo e deu origem aos tratados sobre a mudança climática e biodiversidade.

A Rio+20 ocorrerá em um mundo nitidamente diferente daquele do final do século XX, tanto em termos de economia e sociedade como de meio ambiente e geopolítica.

Os jovens e as crianças que estão reunidos para a conferência Tunza na cidade de West Java, Bandung — a terceira maior da Indonésia — entregarão, no Rio, seus pedidos, esperanças e apelos aos líderes mundiais para um resultado sólido e transformador por meio da Declaração de Bandung.

Iranildo de Sousa Ferreira, um dos jovens brasileiros que participarão da Conferência TUNZA, diz que essa é uma oportunidade para consolidar uma discussão global sobre uma visão de futuro fundamentada no paradigma do desenvolvimento sustentável, tendo como referência os trilhos da economia verde e da erradicação da pobreza. “Tentarei, junto com os demais participantes, mostrar que meio ambiente é parte do conjunto de temas orientadores das agendas de desenvolvimento e não mais um tema secundário ou periférico aos processos de tomada de decisão que orientam o crescimento econômico e o desenvolvimento social”, adicionou.

No topo da agenda da Conferência Tunza, que se realiza entre os dias 27 de setembro e 1 de outubro de 2011, está a atual e futura questão dos empregos verdes, assunto que surge como grande desafio para a economia global, além de esforços para a erradicação da pobreza.

Estima-se que, dentre 211 milhões de pessoas empregadas no mundo, uma média de 40% — cerca de 81 milhões — têm entre 15 e 24 anos de idade.

O crescimento e o desenvolvimento são necessários para combater essa crise. No entanto, o desafio o qual os líderes mundiais devem enfrentar é a maneira com que irão gerar um crescimento sustentável de forma a proporcionar resultados sociais, incluindo emprego e maior equidade, ao mesmo tempo que mantendo a pegada ambiental da população dentro dos limites do planeta.

Os dois temas da Rio +20 refletem esse desafio: uma Economia Verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza; assim como o quadro institucional para o desenvolvimento sustentável.

O PNUMA e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) obtiveram recentemente dados analíticos que indicam que a transição para uma Economia Verde de baixo carbono e eficiência energética oferece grandes oportunidades para alcançar objetivos múltiplos, desde a gestão de resíduos e reciclagem até a eficiência energética e de transportes e gestão de recursos naturais, incluindo a silvicultura.

O PNUMA e a OIT destacaram que hoje, por exemplo, mais pessoas estão empregadas nos setores de energia renovável do que na indústria de combustíveis fósseis.

Considerando que mais de 80% da população jovem mora em países em desenvolvimento, onde a dependência de recursos naturais e a pobreza se cruzam, empregos verdes gerados a partir de uma economia mais inteligente representam uma oportunidade para reformular vidas e meios de subsistência.

Para auxiliar os jovens no debate dessas questões, o PNUMA montou uma equipe de renomados especialistas, decisores políticos e cientistas para conduzir workshops e seminários focados em temas relevantes.

Estarão também presentes “mentores” — escolhidos entre antigos representantes juvenis da Conferencia das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável — que participarão junto aos jovens de um debate aberto sobre como traçar um caminho rumo à Rio +20, observando os objetivos a serem alcançados e as oportunidades perdidas de processos passados.

O PNUMA também estará comemorando o 20º aniversário de seu Concurso Internacional de Pintura Infantil. Os vencedores do prêmio de 2011 serão anunciados durante a Conferência TUNZA. A exibição especial de premiação dos vencedores, desde a criação do prêmio em 1991, será realizada no local.

Jovens brasileiros participantes da Conferência TUNZA:

Augusto Gutierrez
Gabrielle Lima Pereira
João Felipe Scarpelini
Pedro Da Cunha
Victoria Bezerra de Mello Ferreira
Iranildo De Sousa
Amanda Baldochi
Daniel Zardo
Kaique de Mesquita Fernandes
Laúcia Maria Costa
Mariana Carnasciali
Sofia Soares Araújo
Tiago Santos Luna

Para mais informações acesse http://www.unep.org/tunza

Contatos

Adila Djali
UNIC Jacarta
adila.djali@unic.org
(6221) 3983-1011.

Waiganjo Njoroge
PNUMA Nairóbi
media.accreditation@unep.org
+254 20 762 5261