Conferência em Brasília discutirá direitos, participação e poder para as mulheres

Apoiada pela ONU Mulheres, a 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres debaterá nos dias 10 e 11 de maio em Brasília a promoção de direitos, participação e poder.

Participantes de ato unificado pelo fim da violência contra a mulher, realizado em São Paulo. Foto: Flickr CC/Mídia Ninja

Participantes de ato unificado pelo fim da violência contra a mulher, realizado em São Paulo. Foto: Flickr CC/Mídia Ninja

A 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres debaterá nos dias 10 e 11 de maio em Brasília a promoção de direitos, participação e poder para as mulheres. A expectativa é que o encontro reúna mais de 3 mil participantes de todas as regiões do Brasil.

Promovida pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e pelo Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, com o apoio da ONU Mulheres, as discussões abordarão, entre outros temas, a contribuição de conselhos de movimentos feministas para a efetivação da igualdade de direitos.

O evento também abordará estruturas institucionais e políticas públicas desenvolvidas para as mulheres no âmbito municipal, estadual e federal, assim como o sistema político com participação das mulheres e igualdade e sistema nacional de políticas para as mulheres.

A diretora regional da ONU Mulheres para Américas e Caribe, Luiza Carvalho, é uma das convidadas internacionais do encontro.

“A 4ª Conferência de Políticas para as Mulheres é um momento importante para a defesa da democracia brasileira por meio da proposição de políticas relacionadas à diversidade de pautas das mulheres brasileiras”, disse Carvalho.

O tema desta edição é “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”, abordado desde junho de 2015 quando foram iniciadas as etapas municipais da conferência.

Para a representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, a conferência é um espaço estratégico para o empoderamento político das mulheres. “A partir das suas diferentes realidades e vivências, as mulheres levaram novos desafios para a participação política”, disse.

Veja abaixo a agenda oficial da diretora regional da ONU Mulheres para o evento:

  • 9 de maio – Abertura do Seminário Internacional “Transformar Economias, Realizar Direitos: Oportunidades e Desafios para a Igualdade de Gênero”, das 9h às 12h, no auditório da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília.
  • 11 de maio – Visita à Sala de Situação Zika da Organização Panamericana de Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), em Brasília. O encontro terá a presença dos representantes da OPAS, Joaquim Molina, do Fundo de População da ONU (UNFPA), Jaime Nadal, e da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, para discutir as respostas das Nações Unidas em favor dos direitos das mulheres à saúde no contexto das doenças provocadas pelo aedes aegypti, especialmente vírus zika.
  • 12 de maio – Ato de adesão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e da Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) ao movimento global #ElesPorElas em Solidariedade à Igualdade de Gênero (HeForShe), liderado pela ONU Mulheres. A cerimônia terá as presenças do desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, presidente do TJ-RJ; do desembargador Caetano Costa, diretor-geral da EMERJ, e demais representantes da Justiça. O evento acontecerá no o Rio de Janeiro, às 11h.

Veja abaixo os eventos públicos para a cobertura de imprensa:

Abertura da 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres
Data: 10 de maio de 2016 (terça-feira)
Horário: 15h
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental) – Brasília/DF

Ato de adesão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e da Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) ao movimento global ElesPorElas em Solidariedade à Igualdade de Gênero
Data: 12 de maio de 2016 (quinta-feira)
Horário: das 11h às 13h
Local: TJ-RJ (Av. Erasmo Braga, 115 – Centro) – Rio de Janeiro/RJ