Conferência da ONU convida homens para discutir igualdade de gênero

Batizada de “Conferência da Barbearia” – em referência ao lugar onde os homens se reúnem para trocar ideias – o evento reúne homens e meninos para saber o que pensam e falam sobre o empoderamento das mulheres e igualdade de gênero.

A Conferência da Barbearia, na sede da ONU, em Nova York. Foto: ONU/Devra Berkowitz

A Conferência da Barbearia, na sede da ONU, em Nova York. Foto: ONU/Devra Berkowitz

Uma conferência de dois dias na sede das Nações Unidas em Nova York propõe um enfoque inédito nas discussões de gênero. Batizada de “Conferência da Barbearia” – em referência ao lugar onde os homens se reúnem para trocar ideias – o evento reúne homens e meninos para saber o que pensam e falam sobre o empoderamento das mulheres e igualdade de gênero. A ideia é refletir, em um ambiente informal, sobre as normas sociais que perpetuam os estereótipos e dissipar a falácia de que mulheres e meninas não podem ser iguais na vida econômica, social ou política.

O encontro, que começou nesta quinta-feira (15), “é uma forma criativa de promover o diálogo em território desconhecido”, disse o Presidente da Assembleia Geral da ONU, Sam Kutesa. Também participam do evento o vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, a diretor-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo -Ngcuka, embaixadores da ONU, ministros, representantes da sociedade civil, jornalistas e ativistas, assim como artistas.

“Cada vez mais, o mundo reconhece que, para alcançar a igualdade de gênero, todos os segmentos da sociedade devem participar, e que os homens e os meninos têm um papel fundamental a desempenhar”, disse Kutesa.

A  iniciativa quer apoiar atitudes masculinas não discriminatórias e não sexistas entre homens,  discutir o papel dos homens na implementação da igualdade de gênero no âmbito da ONU e  envolver os homens pelo fim da violência contra mulheres e meninas.