Concurso Internacional de Pintura Infantil e Meio Ambiente tem brasileiro entre os premiados

O brasileiro Waldir Tokuda, de apenas 12 anos, é o autor do desenho acima e o mais novo vencedor regional para a América Latina e Caribe do 21º Concurso Internacional de Pintura Infantil sobre o Meio Ambiente, promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Diana Fan, uma norte-americana de 13 anos, venceu o primeiro lugar do Concurso, com uma combinação do desenho de um pinguim com imagens do oceano, de florestas e de turbinas eólicas.

Ambos conquistaram a premiação vencendo outros 630 mil desenhos submetidos ao concurso. O primeiro lugar recebeu um prêmio de dois mil dólares e uma viagem para a Conferência Internacional de Crianças sobre Meio Ambiente, conhecida como TUNZA.

Ka Mun Leong, da Malásia, recebeu o segundo lugar, com um prêmio de mil dólares. Ele também vai viajar para a Conferência TUNZA, assim como os seis vencedores regionais: Carolina Ferreira, de Cabo Verde (África); Wirojrat Atthapon, da Tailândia (Ásia-Pacífico); Durnea Iurie, da Moldávia (Europa); Waldir Tokuda, do Brasil (América Latina e Caribe), Mitchelle Lai, do Canadá (América do Norte); e Postwalla Dariyash, de Barein (Ásia-Oeste).

Crianças do mundo todo foram convidadas a submeter suas artes sob o tema ‘Comunidades Verdes’. Os jovens artistas mostraram muita imaginação e domínio do tema em suas pinturas.

“Os participantes do Concurso Internacional de Pintura Infantil continuam inspirando os jurados com sua criatividade e entusiasmo pelo meio ambiente”, declarou o Subsecretário-Geral da ONU e Diretor Executivo do PNUMA, Achim Steiner.

O Concurso Internacional de Pintura Infantil é o principal evento do PNUMA na área de Arte & Meio Ambiente. Desde 1991, o concurso já recebeu mais de 3 milhões de desenhos de crianças de mais de 190 países. A competição é organizada em parceria com a Fundação Global para a Paz e o Desenvolvimento (FGPE, na sigla em inglês), a Bayer e a Nikon.

Acesse a lista completa dos trabalhos expostos – incluindo outros brasileiros – e outras informações em http://bit.ly/NxUxuV