‘Comunicar Objetivos de Desenvolvimento Sustentável é a chave para implementá-los’

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Avaliação é da chefe de comunicação da ONU, Cristina Gallach. Reunir uma diversidade de parceiros para comunicar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) foi um dos principais temas discutidos no segundo dia do Festival Global de Ideias para o Desenvolvimento Sustentável, realizado nessa semana em Bonn, na Alemanha.

Segundo dia do Festival Global de Ideias para o Desenvolvimento Sustentável, no Centro de Conferência Global, em Bonn, na Alemanha. Foto: photothek/Inga Kjer

Segundo dia do Festival Global de Ideias para o Desenvolvimento Sustentável, no Centro de Conferência Global, em Bonn, na Alemanha. Foto: photothek/Inga Kjer

Reunir uma diversidade de parceiros para comunicar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – agenda de 17 objetivos e 169 metas que devem ser cumpridas por todos os países até 2030 – foi um dos principais temas discutidos no segundo dia do Festival Global de Ideias para o Desenvolvimento Sustentável, realizado nessa semana (1-3) em Bonn, na Alemanha.

Trata-se de uma conferência da ONU e parceiros que busca traçar uma nova maneira de abordar alguns dos desafios mais complexos do mundo.

“Temos de conscientizar o mundo desta agenda que vai definitivamente transformar o planeta e que vai garantir que ninguém seja deixado para trás”, disse a subsecretária-geral da ONU para Comunicação e Informação Pública, Cristina Gallach, em discurso no Festival.

“Quanto mais nos comunicarmos sobre os ODS e conscientizarmos as pessoas sobre a agenda, mais os governos serão responsáveis e garantirão que eles sejam implementados”, acrescentou.

Ela afirmou que a comunicação local sobre a agenda é essencial para permitir que pessoas de todo o mundo se apropriem dos objetivos de desenvolvimento.

“Há muitas comunicações que precisam ser feitas localmente nas diferentes línguas que as pessoas falam diariamente”, frisou.

“A comunicação local também ajuda as pessoas perceberem que o trabalho está sendo feito. Nesse sentido, os governos precisam implementar os ODS e a mídia local precisa acompanhar esse processo”, acrescentou.

Jovens são os melhores aliados

Gallach também lembrou que a ONU considera os jovens parceiros-chave na realização das metas globais.

“Os jovens estão cientes de que o planeta não está indo bem e que eles podem herdar algo realmente ruim. Por isso, eles querem fazer parte da transformação”, disse Gallach, acrescentando: “Eles sabem que os objetivos serão alcançados quando eles estiveram adultos. Quando eles estiverem no auge de suas vidas”.

“Quanto mais nos comunicamos mais colheremos, e essa agenda não pode ser implementada sem parcerias muito fortes”, enfatizou Gallach.

O Festival Global de Ideias, o primeiro de uma série de fóruns anuais, é organizado pela Campanha de Ação ODS da ONU em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Ultramarino e apoio do governo alemão.

PNUD na dianteira

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) é o principal organismo da ONU apoiando a Campanha de Ação. Em maio do ano passado, a agência firmou uma parceria com governo da Alemanha para abrir um centro exclusivamente voltado para a iniciativa.

Abertura do Festival Global, em Bonn. Foto: Campanha de Ação dos ODS

Abertura do Festival Global, em Bonn. Foto: Campanha de Ação dos ODS

“Como Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, com mais de 50 anos de experiência em mais de 170 países, estamos empenhados em apoiar os países em seus esforços para tornar essa visão uma realidade – erradicar a pobreza, conduzir comunidades para um caminho de desenvolvimento sustentável, gerindo os riscos, reforçando a resiliência e garantindo sociedades pacíficas e inclusivas”, afirmou a diretora adjunta do Escritório do PNUD para Apoio a Políticas e Programas, Sarah Poole, no primeiro dia do Festival.

“Estamos trabalhando juntos para responder às demandas recebidas de mais de 100 governos para apoiar a implementação dos ODS em seus países”, garantiu a representante da agência da ONU.

O festival em Bonn reuniu mais de mil especialistas e ativistas de mais de 80 países. Ao longo do evento, foram apresentadas e discutidas as inovações, ferramentas e abordagens mais recentes para o cumprimento da Agenda 2030.


Mais notícias de:

Comente

comentários