Começa hoje em São Paulo 1º Seminário Nacional de Jovens Feministas

Evento vai reunir cerca de 30 mulheres jovens líderes, de cinco regiões do Brasil, que participarão de painéis, debates e oficinas.

Cerca de 30 mulheres jovens líderes das cinco regiões brasileiras estarão reunidas no 1º Seminário Nacional de Jovens Feministas, que acontece entre os dias 25 e 27 de agosto, em São Paulo. O evento é uma realização das Jovens Feministas de São Paulo, em parceria com a Associação Zulu Nation Brasil e a Associação Mulher e Movimento Hip Hop, com apoio do Conselho Estadual da Comunidade Negra e da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul.

No primeiro dia do evento, a Coordenadora da área de Governança da ONU Mulheres, Susana Martinez, participa da mesa de abertura do encontro, que também conta com a presença de Roseane Arévalo, das Jovens Feministas de São Paulo; Carla Zulu, da Zulu Nation; Atiely Santos, da Hip Hop Mulher; e Marco Antônio Zito Alvarenga, Presidente do Conselho da Comunidade Negra. Lia Lopes participa como mediadora dos debates.

Em seguida, será realizado o painel “Como surgiram e se organizaram as jovens feministas do Brasil?”, com a participação de Fernanda Papa, da Fundação Friedrich Ebert; Daniele Costa, do Conjuve (Conselho Nacional da Juventude); Elizandra Souza, da Ação Educativa; e Ana Clara Marques do Grupo Maçãs Podres. Além disso, Bruna Provazi vai ministrar a oficina “Dominando os meios de comunicação (TICs) para fortalecer nossa articulação”.

Na sexta-feira (26) a mesa “Experiências positivas na realização de projetos sociais de/com/para jovens” reúne Mafoane Odara, da Ashoka; Keli Cristina Souza, do Instituto Paulista de Juventude (IPJ); e Adriana Barbosa, da Feira Preta. Na parte da tarde será articulado um grupo de trabalho para discutir estratégias de desenvolvimento para as mulheres jovens feministas. A atividade ainda prevê um diálogo com representantes dos movimentos de mulheres, negro, LGBT, de pessoas com deficiência, entre outros.

Na ocasião, será lançada a campanha “Pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos das Mulheres Jovens no Brasil”. Estarão presentes na ação Camila Galdino, da Articulação Brasileira de Jovens Feministas, e Thais Gava, da ONG Ecos.

No último dia do evento haverá uma oficina “Elaborando projetos: hora de colocar as ideias no papel”, ministrada por Atiely Santos. Também será realizada uma mesa de debates sobre “Alianças Políticas: Uma agenda de empoderamento, incidência e desenvolvimento das jovens feministas”, com Roseane Arévalo e Lia Lopes como mediadoras. O encerramento do “1º Seminário Nacional de Jovens Feministas” acontece às 20 horas com a apresentação teatral “Carne, Patriarcado e Capitalismo”.

Para mais informações sobre o evento clique aqui.