Combates no Iêmen forçam desvio de navio do PMA com ajuda alimentar

Destinado a Áden, a embarcação alterou o seu rumo no último domingo (31) para o porto de Al Hudaydah, carregando cerca de 5,700 toneladas métricas de alimentos e ajuda humanitária.

Cerca de 5,700 toneladas de alimentos e ajuda humanitária sendo carregadas no navio MV Amsterdam. Foto: PMA/Dina Elkassaby

Cerca de 5,700 toneladas de alimentos e ajuda humanitária sendo carregadas no navio MV Amsterdam. Foto: PMA/Dina Elkassaby

Um navio fretado pelo Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) transportando ajuda alimentar destinada a Áden, no Iêmen, foi desviado no último domingo (31) para o porto de Al Hudaydah após relatos de conflitos e ameaças à segurança.

O MV Amsterdam estava em seu percurso saindo de Djibuti carregando cerca de 5,700 toneladas de alimentos, incluindo trigo, leguminosas, óleo vegetal e pó contendo micronutrientes usados para proteger crianças contra desnutrição e anemia, publicou o PMA.

“Com milhões de pessoas necessitando desesperadamente de alimentos em áreas que estão inacessíveis por longo tempo como consequência dos conflitos, nós continuaremos tentando alcançar Áden e áreas vizinhas, enviando suprimentos através de estradas em Hudaydah”, disse o coordenador de emergência do PMA para o Iêmen, Tahir Nour. As rações na embarcação desviada são suficientes para alimentar cerca de 60 mil iemenitas durante um mês.