Com apoio do PNUD, Virada Sustentável chega ao Rio de Janeiro em junho

Com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a próxima edição da Virada Sustentável acontece no Rio de Janeiro entre 7 e 10 de junho. Festival terá atrações culturais, apresentações musicais, atividades infantis, oficinas, performances e rodas de conversa, além de 11 debates com especialistas. Atividades estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, os ODS.

Piquenique no Parque Villa Lobos, em São Paulo, durante a Virada Sustentável de 2015. Foto: Instituto Virada Sustentável/Maisa Perejjo

Piquenique no Parque Villa Lobos, em São Paulo, durante a Virada Sustentável de 2015. Foto: Instituto Virada Sustentável/Maisa Perejjo

Com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a próxima edição da Virada Sustentável acontece no Rio de Janeiro entre 7 e 10 de junho. Festival terá atrações culturais, apresentações musicais, atividades infantis, oficinas, performances e rodas de conversa, além de 11 debates com especialistas. Atividades estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, os ODS.

A iniciativa ocupará diversas regiões da cidade e também de outros municípios do Grande Rio. Pontos estratégicos como a Praça dos Arcos da Lapa, o Parque das Figueiras na Lagoa, o Museu de Arte do Rio (MAR), o Museu do Meio Ambiente no Jardim Botânico e o Parque Madureira serão alguns dos cenários da Virada Sustentável 2018, com programação para todas as idades.

Assim como em sua primeira edição, todas as atividades têm entrada gratuita. Em 2017, foram mais de 400 atrações em 39 bairros do Rio de Janeiro.

Os projetos que fazem parte da edição de 2018 — selecionados via chamada pública — têm seu conteúdo alinhado a pelo menos um dos 17 ODS. Os painéis com especialistas reunirão representantes de governos, setor privado e sociedade civil.

Acesse a programação na íntegra clicando aqui.

A Virada Sustentável teve sua primeira edição realizada em 2011, em São Paulo. Desde então, o evento vem ampliando sua atuação, promovendo festivais em outras cidades — Sinop, Manaus, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Em agosto de 2016, a sexta edição da iniciativa na capital paulista reuniu cerca de 1,2 milhão de pessoas em mais de 800 atividades e atrações gratuitas, espalhadas por mais de 130 lugares da cidade.

Em junho de 2017, o PNUD firmou uma parceria com o Instituto Virada Sustentável. No termo de cooperação, estão previstas atividades para a disseminação da Agenda 2030 da ONU e dos ODS.