Com apoio de agências da ONU, Iraque lança primeira estratégia nacional de ensino

Plano apoiado por UNICEF, UNESCO e Banco Mundial busca garantir educação de qualidade para 33 milhões de iraquianos, promovendo a reintegração social.

Estudantes de uma escola no Curdistão, no Iraque. PMA / Abeer EtefaAgências das Nações Unidas saudaram o lançamento da primeira estratégia nacional de ensino do Governo do Iraque, que irá ajudar a garantir educação de qualidade para 33 milhões de cidadãos no país, especialmente crianças e jovens mais necessitados.

A estratégia, que visa melhorar a reintegração e a coesão social, foi desenvolvida por uma comissão de especialistas em educação e assessores dos ministérios da educação e do ensino superior em Bagdá e Erbil, com experiência técnica internacional e as orientações fornecidas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e pelo Banco Mundial.

As principais metas educacionais do plano incluem o aumento da taxa de matrícula pré-escolar de 7% para 22% até 2020, bem como da taxa de matrícula na escola primária de 93% para 98% até o final de 2015. Além disso, ainda são assegurados recursos para garantir o adequado suporte educacional, psicológico e social para aqueles que precisam de investimentos para o ensino superior.

“Nós aplaudimos o Governo pelo seu compromisso em garantir que todas as crianças tenham o direito a uma educação de qualidade, especialmente as milhares de crianças que estão perdendo o desenvolvimento a tempo das competências, habilidades e oportunidades que uma educação de qualidade irá proporcioná-las”, afirmou o Representante do UNICEF no Iraque, Marzio Babille.