Com apoio da UNESCO, projeto de Cooperação Sul-Sul capacita gestores de recursos hídricos

Sobrevoo na bacia hidrográfica do rio Paranaíba. Foto: ANA/Hugo Rubens Pontoni

Neste mês de outubro, o Projeto de Cooperação Sul-Sul promove
três cursos para melhorar a gestão dos recursos hídricos
em países da América Latina e Caribe. A ideia é fortalecer a gestão integrada e o uso sustentável da água nos países em desenvolvimento. O projeto é uma parceria entre a Agência Nacional de Águas (ANA), a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e a Organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil.

O projeto busca responder aos novos desafios provocados pelo crescimento urbano, pelas pressões populacionais, pelas demandas energética e hídrica e pelos efeitos das mudanças climáticas. Com isso, a iniciativa contribui para a segurança hídrica nos países parceiros, com foco no desenvolvimento sustentável.

Em outra frente, os cursos também ajudam a articular e integrar a participação dos países latino-americanos e caribenhos nos fóruns internacionais sobre água. A estratégia está alinhada com os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, no contexto da Agenda de Desenvolvimento das Nações Unidas pós-2015.

O encontro em Brasília, entre os dias 7 e 9 de outubro, abordou os temas de planejamento, manejo e gestão de bacias hidrográficas. Uma terceira capacitação está prevista para os dias 26 a 29 de outubro, em São Paulo, onde serão apresentados conhecimentos sobre ferramentas e indicadores ambientais de avaliação de qualidade da água e da quantidade de sedimentos em rios e reservatórios.