Com apoio da ONU Mulheres, Bahia lança campanha sobre respeito no Carnaval 2020

Com o mote “Pega a visão e respeita as mina”, a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) lança, pelo quarto ano consecutivo, a campanha Respeita as Mina de enfrentamento às várias formas de violência contra as mulheres na maior festa popular da Bahia: o Carnaval. A campanha conta com o apoio da ONU Mulheres Brasil.

Puxar cabelo, beijar à força, agarrar pelo braço, xingar por não aceitar a rejeição e continuar insistindo? Pega a visão! O assédio e a importunação sexual são crimes.

Com o mote “Pega a visão e respeita as mina”, a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) lança, pelo quarto ano consecutivo, a campanha Respeita as Mina de enfrentamento às várias formas de violência contra as mulheres na maior festa popular da Bahia: o Carnaval. A campanha conta com o apoio da ONU Mulheres Brasil.

O objetivo é chamar a atenção para comportamentos muitas vezes naturalizados no cotidiano e principalmente durante a folia, mas que caracterizam assédio e importunação sexual.

A SPM-BA adota sempre uma campanha lúdica, alegre, com o propósito de firmar a diferença entre a paquera saudável e o comportamento desrespeitoso, constrangedor. A ideia é estimular o respeito e um Carnaval sem violência de gênero.

Ações de sensibilização

A SPM-BA realizará ações de sensibilização com a distribuição de material informativo, em texto bilíngue, ventarolas e adesivos alusivos à campanha. As ações ocorrerão nos portais de entrada de foliões, nos blocos, camarotes e pontos receptivos (Rodoviária, Terminal de São Joaquim, Porto e Aeroporto de Salvador), além de hotéis situados nas proximidades dos circuitos.

Em todos esses locais serão distribuídos materiais informativos com orientações de como proceder em caso de violência, onde denunciar ou buscar ajuda.

A Unidade Móvel da SPM-BA ficará instalada na Avenida Adhemar de Barros, em Ondina, para orientações às mulheres em situação de violência e também sensibilização dos foliões e folionas.

Além da UM, o Hospital da Mulher manterá atendimento 24 horas, por demanda espontânea, para os casos de violência sexual. O hospital conta com equipe especializada e toda a estrutura necessária para o acolhimento e atendimento profilático pós-exposição à DST/Aids.

A SPM-BA atuará em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e toda a rede de atenção às mulheres (Defensoria Pública, Ministério Público, Ronda Maria da Penha, Tribunal de Justiça, Hospital da Mulher) a fim de garantir o acolhimento adequado e o atendimento mais rápido e humanitário às mulheres em situação de violência.

Estão programadas visitas aos postos integrados das policias civil e militar, localizados nos circuitos do Carnaval, ás Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (DEAMs) e outras instituições da rede. O trabalho de sensibilização começou esta semana com uma palestra para as tropas da Polícia Militar.

Casa Respeita as Mina

Uma das novidades da SPM-BA em 2020 é a Casa Respeita as Mina, que funcionará até o fim de março. A casa funcionará na Rua da Laranjeira, 31, no Pelourinho.

O pré-lançamento será na próxima quarta-feira (19), às 17 horas, quando as (os) convidadas (os) poderão conhecer o espaço e a proposta de ocupação.

No local, serão realizadas performance, apresentações artísticas e culturais, pocket shows, oficinas para o público feminino, debates, lançamento de livros, gravação de programas, entre outras atividades.

O cenário baseia-se no útero como atmosfera de conforto, segurança, acolhimento, criação, ludicidade e feminidade, buscando representar uma rede de mulheres unidas, em que as partes se articulam para compor o todo, adicionando-se o conceito das percepções das produções femininas: leia, ouça e veja mulheres!

O projeto da Casa Respeita as Mina é uma iniciativa da SPM-BA em parceria com a Maré Produções Culturais e a Movida Conteúdo, com patrocínio da Bahiatursa, e apoio das secretarias do Turismo (Setur), da Cultura (Secult), Ciência e Tecnologia (Secti), além de outras parcerias que juntarão ao projeto.

Trio Respeita as Mina

O “Trio Respeita As Mina” se consolidou como uma das principais atrações da campanha na luta contra o machismo e pela igualdade de gênero. O trio será puxado, pela segunda vez, pelas Aya Bass: Larissa Luz, Luedji Luna e Xênia França, três mulheres de destaque da nova música baiana, com trabalhos de repercussão nacional e internacional. O Trio deverá sair no sábado de Carnaval, no circuito Barra, em horário a ser definido.