Com apoio da ONU, Benim debate futuro da alimentação escolar

Para ajudar o Benim a aprimorar sua estratégia nacional de alimentação escolar, o Centro de Excelência contra a Fome da ONU realizou em março uma visita ao país africano. Atualmente, o governo garante o fornecimento de refeições em 4.023 centros de ensino, o que representa 51% dos colégios de toda a nação.

Estudantes em Cotonou, no Benim. Foto: UNFPA/Ollivier Girard

Estudantes em Cotonou, no Benim. Foto: UNFPA/Ollivier Girard

Para ajudar o Benim a aprimorar sua estratégia nacional de alimentação escolar, o Centro de Excelência contra a Fome da ONU realizou em março uma visita ao país africano. Atualmente, o governo garante o fornecimento de refeições em 4.023 centros de ensino, o que representa 51% dos colégios de toda a nação.

Organizada de 20 a 29 de março, a viagem de especialistas do Centro de Excelência aconteceu em meio a diálogos sobre o futuro da cooperação entre o país e o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA). O organismo internacional apresentou no mês passado um plano de ações conjuntas para os próximos cinco anos. O objetivo do PMA é apoiar o Benim em seus esforços de eliminação da fome.

A estratégia do PMA visa prioritariamente populações vulneráveis e tem três pilares: alimentação escolar com uma abordagem integrada e multissetorial; assistência em nutrição, com a promoção da alimentação escolar voltada para os aspectos nutricionais; e fortalecimento de capacidades na alimentação escolar vinculada à agricultura local, tomada como ponto de partida para a promoção da produção de alimentos e para o apoio aos agricultores familiares, especialmente as mulheres.

A missão do Centro de Excelência teve a participação da oficial de políticas e programas Mariana Rocha. A especialista trabalhou com Peter Haag, consultor da Unidade de Alimentação Escolar do PMA, e com representantes do governo para discutir qual deve ser o modelo nacional para a alimentação escolar no Benim. Para as autoridades, o fornecimento de refeições em instituições de ensino é uma plataforma para o desenvolvimento social no país.

O PMA e o Centro de Excelência vão apoiar o governo na implementação da estratégia nacional, a fim de garantir sua sustentabilidade e melhorar os indicadores de segurança alimentar e de nutrição no país africano.


Comente

comentários