Com apoio da FAO, pecuaristas retomam produção na Síria

O conflito na Síria tem afetado severamente a população do país – e também a pecuária que garante sua subsistência. Nos últimos anos, o número de cabeças de gado diminuiu mais de 30%, enquanto o número de ovelhas e carneiros caiu mais de 40%.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a Associação Médica Veterinária da Síria realizaram uma campanha de saúde animal no início deste ano para proteger 1,3 milhão de ovelhas e cabras e 65 mil bovinos de doenças altamente contagiosas. A campanha de três meses beneficiou mais de 200 mil criadores, com apoio dos EUA. Confira mais neste vídeo.

Acompanhe o trabalho da FAO clicando aqui e notícias da Síria aqui.