Colômbia: ONU recebe 7 mil armas das FARC; busca por armamentos escondidos continua

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Missão das Nações Unidas na Colômbia informou nessa semana que deve registrar cerca de 7 mil armas recebidas do grupo Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) neste fim de semana.

Trabalho realizado em um acampamento onde a Missão das Nações Unidas na Colômbia verificará a deposição de armas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP). Foto: Missão da ONU na Colômbia.

Trabalho realizado em um acampamento onde a Missão das Nações Unidas na Colômbia verificará a deposição de armas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP). Foto: Missão da ONU na Colômbia.

A Missão das Nações Unidas na Colômbia informou na quinta-feira (30) que deve registrar cerca de 7 mil armas recebidas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP) neste fim de semana.

“Nós estamos com 85% das armas no campo. Este fim de semana chegaremos a uma cifra de aproximadamente 7 mil armas registradas. Mas há certas preocupações: muitas armas são novas, curtas e longas e de alto calibre. É um registro que cobre a gama de armas da FARC-EP”, disse o chefe da Missão, Jean Arnault.

A ONU espera ter 60% de todas as armas das FARC-EP até dia primeiro de abril. No entanto, em uma coletiva de imprensa realizada na quarta-feira (29), Arnault disse que a busca por armamentos escondidos pode atrasar o processo.

Outras mil armas devem ser recebidas em breve dos membros das FARC-EP que participam da chamada ‘Pedagogia de Paz’, elevando para 8 mil o número de armamentos coletados pela ONU.

Em novembro do ano passado, as Nações Unidas e as FARC-EP, o maior grupo rebelde do país, assinaram um acordo de paz, colando fim a um conflito de 50 anos no país. Outros guerrilheiros seguiram o mesmo processo posteriormente.


Comente

comentários