Colômbia: ONU apoia treinamento para monitorar cessar-fogo entre FARC e governo

As Nações Unidas anunciaram na quarta-feira (31) que estão apoiando um treinamento de sete dias em Popayán, na Colômbia, para preparar os responsáveis pelo monitoramento do cessar-fogo bilateral entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias do país – Exército do Povo (FARC – EP).

O curso é resultado do acordo entre as partes que visa pôr fim ao conflito de mais de 50 anos na nação latino-americana.

De acordo com um comunicado à imprensa da nova Missão da ONU na Colômbia, instrutores do governo, das FARC e da organismo internacional estão treinando 80 homens e mulheres que fazem parte do mecanismo de acompanhamento da cessação de hostilidades a nível nacional e regional.

A missão acrescentou que as três entidades envolvidas descreveram a sessão como “histórica”.

“Esta primeira sessão do treinamento é um passo importante para a construção de uma paz estável e duradoura”, disse a missão da ONU. “O treinamento não só marca o início da realização dos acordos alcançados em Havana, mas também estabelece o pleno compromisso das partes envolvidas com um mecanismo de monitorização e verificação robusto e transparente.”

Além de capacitar os envolvidos para supervisionar o fim dos conflitos, a formação vai abordar aspectos logísticos, questões de segurança e de gênero associadas ao término dos confrontos.

Em junho desse ano, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, viajou para Havana e testemunhou a assinatura do acordo de paz e desarmamento entre as FARC e o governo colombiano. Ele observou que o “processo de paz valida a perseverança de todos aqueles ao redor do mundo que trabalham para acabar com o conflito violento de maneira pacífica”.