Cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no SUS são premiadas em Brasília

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) premiaram nesta quinta-feira (13) cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Feita durante a abertura do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília, a homenagem reconheceu iniciativas de cada uma das regiões do Brasil.

Os cinco vencedores da Mostra “Brasil Aqui Tem SUS”, na categoria região, receberam R$ 10 mil. Foto: EBC

Os cinco vencedores da Mostra “Brasil Aqui Tem SUS”, na categoria região, receberam R$ 10 mil. Foto: EBC

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) premiaram nesta quinta-feira (13) cinco experiências bem-sucedidas de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Feita durante a abertura do 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Brasília, a homenagem reconheceu iniciativas de cada uma das regiões do Brasil.

Do Centro-Oeste, a experiência vencedora foi a Farmácia Viva — Arranjo Produtivo e Local de Plantas Medicinais e Fitoterapia no município de Nobres, no Mato Grosso. Do Sul, o ganhador foi o projeto Criança Sorriso: Saúde Bucal na Escola, da cidade de Tigrinhos, em Santa Catarina. Do Norte, o escolhido foi o trabalho Matriciamento das Ações de Saúde Mental na Atenção Básica do município de Moju, Pará: um relato de experiência.

No Sudeste, o premiado foi o trabalho Gestão da Equidade no SUS-Belo Horizonte: relato da experiência com o projeto Família Cidadã. Na região Nordeste, o vencedor foi a experiência De olho na consulta, de Jaboatão Guararapes, em Pernambuco.

“Não haverá um Brasil forte sem municípios fortes. Ao longo do dia, ocorreu a Mostra ‘Brasil Aqui Tem SUS’, na qual foram apresentadas mais de 300 experiências municipais, que representam o trabalho de profissionais de saúde que atuam como grandes artistas nas equipes de atenção básica, especializada, vigilância, regulação, gestão e em outros espaços, promovendo o cuidado, a qualidade de vida das pessoas e a participação da comunidade”, afirmou a representante adjunta da OPAS/OMS no Brasil, Maria Dolores Pérez-Rosales.

“Trata-se de um trabalho que merece ser reconhecido, valorizado e estimulado. São narrativas vivas de um SUS que está no caminho certo em todo o país”, completou Maria Dolores.

Ao longo do evento, que ocorreu até sábado (15), o CONASEMS e a OPAS/OMS premiaram outros 48 trabalhos exitosos que foram apresentados na quinta-feira, sendo sete em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e 13 por voto popular.

Os cinco vencedores da Mostra “Brasil Aqui Tem SUS”, na categoria região, receberam 10 mil reais. Além disso, um município de cada estado brasileiro terá sua experiência registrada em um minidocumentário. Os demais receberão medalhas, certificados e menções honrosas. Todos farão parte de um livro a ser organizado por OPAS/OMS e CONASEMS.

Durante o congresso, a OPAS/OMS também lançará publicações sobre trabalhos bem-sucedidos nas áreas de atenção básica, rede de atenção à saúde, vigilância, participação social e cooperação internacional descentralizada, além de um estudo de caso a respeito do programa Mais Médicos em Pernambuco.


Mais notícias de:

Comente

comentários