Chefe da UNESCO envia condolências ao Brasil por tragédia da Chapecoense

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

“Nos unimos a sua dor e à de seu povo, reconhecendo o impacto que essa tragédia tem para os brasileiros, assim como para a comunidade esportiva e a mídia em seu país”, disse a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, em carta enviada ao presidente Michel Temer sobre o acidente de avião que vitimou jogadores e membros da comissão técnica da Chapecoense, jornalistas e tripulação. A chefe da agência da ONU prestou condolências ao Brasil pelo falecimento das vítimas.

Na Arena Condá, torcedores da Chapecoense prestam homenagem às vítimas do acidente na Colômbia. Foto: Agência Brasil / Daniel Isaia

Na Arena Condá, torcedores da Chapecoense prestam homenagem às vítimas do acidente na Colômbia. Foto: Agência Brasil / Daniel Isaia

Em carta enviada ao presidente Michel Temer, a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, prestou condolências ao povo brasileiro pelo falecimento dos jogadores e membros da comissão técnica da Associação Chapecoense de Futebol, que estavam no avião tragicamente acidentado próximo a Medellín, na Colômbia, na última segunda-feira (28).

Na mensagem, a chefe da agência da ONU também expressou seu pesar pela morte dos jornalistas e da tripulação que estavam na aeronave.

“Nos unimos a sua dor e à de seu povo, reconhecendo o impacto que essa tragédia tem para os brasileiros, assim como para a comunidade esportiva e a mídia em seu país”, diz Bokova em um trecho do documento. A dirigente da UNESCO finaliza a carta expressando o seu pesar e de toda a Organização aos familiares das vítimas por tamanha perda.


Mais notícias de:

Comente

comentários