Chefe da ONU lamenta mortes em incêndio criminoso no Japão

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, disse nesta sexta-feira (19) estar “profundamente entristecido” com o incêndio criminoso que atingiu o estúdio de animação Kyoto Animation, em Tóquio, no Japão, e deixou 33 mortos. O ataque foi considerado um dos piores assassinatos em massa da história do país.

Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres (esquerda), e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante entrevista à imprensa em Tóquio. Imagem de arquivo. Foto: ONU/Dan Powell

Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres (esquerda), e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante entrevista à imprensa em Tóquio. Imagem de arquivo. Foto: ONU/Dan Powell

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, disse nesta sexta-feira (19) estar “profundamente entristecido” com o incêndio criminoso que atingiu o estúdio de animação Kyoto Animation, em Tóquio, no Japão, e deixou 33 mortos. O ataque foi considerado um dos piores assassinatos em massa da história do país.

A polícia japonesa identificou o suspeito de realizar o ataque na manhã de quinta-feira. Segundo relatos, o criminoso entrou no prédio da Kyoto Animation com latas de um líquido inflamável, que ele despejou em diversas áreas da empresa antes de incendiar as instalações.

Em torno de 70 pessoas estavam no prédio quando o incêndio começou e mais de 30 foram levadas para o hospital. Muitas das que morreram foram encontradas nas escadas. Supõe-se que elas não resistiram enquanto tentavam fugir das chamas.

De acordo com a imprensa, testemunhas que assistiram à prisão do homem disseram que o criminoso alegou na hora que a empresa havia roubado algumas de suas ideias.

“O secretário-geral está profundamente entristecido com a perda de vidas causada pelo ataque incendiário e pelo incêndio em Tóquio”, disse um pronunciamento divulgado pelo porta-voz de Guterres.

“Ele estende suas condolências às famílias das vítimas e ao povo e ao governo do Japão.”

O chefe da ONU também desejou uma rápida recuperação aos feridos e afirmou que, “neste momento trágico, as Nações Unidas se posicionam em total solidariedade com o governo e o povo do Japão”.

Segundo a mídia, dezenas de pessoas em Tóquio se reuniram do lado de fora do prédio do estúdio nesta sexta-feira, colocando flores e realizando orações diante do edifício.

A Kyoto Animation produz desenhos animados populares, como K-On e The Melancholy of Haruhi Suzumiya. O estúdio também publica graphic novels, a maioria focada na vida escolar dos jovens. Uma de suas séries recentes — Violet Evergarden — teve os direitos de transmissão comprados pelo serviço de streaming Netflix.