‘Certos políticos deixaram de lado a humanidade’, diz oficial da agência da ONU para refugiados

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Assassinatos cometidos por militares, deportações forçadas e encarceramento em centros de detenção são alguma das violações de direitos a que são submetidos os refugiados em todas as partes do mundo. Cenário de violência generalizada foi criticado pelo alto-comissário assistente da ONU para refugiados, Volker Türk, em pronunciamento para representantes de 151 países.

“Não há justificativa para separar famílias ou para manter refugiados no limbo, ou para mantê-los negligenciados em locais de detenção afastados da costa, em instalações inapropriadas ou confinados a áreas fronteiriças”, disse.

Saiba mais clicando aqui.


Mais notícias de:

Comente

comentários