CEPAL lança Observatório Regional de Banda Larga

Foi inaugurado nesta quinta-feira (26/05) pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) o Observatório Regional de Banda Larga (ORBA).

Foi inaugurado nesta quinta-feira (26/05) pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) o Observatório Regional de Banda Larga (ORBA), durante a abertura da terceira reunião do Diálogo Regional sobre os custos das relações internacionais e seu impacto nos preços da banda larga, realizada em Santiago (Chile). Em novembro de 2010 ficou estabelecido que a CEPAL seria responsável por constituir o Observatório, que é financiado também pela União Europeia.

“O Observatório será uma importante fonte de informação para a projeção e o seguimento de políticas públicas orientadas para a universalização da banda larga”, afirmou a Secretária Executiva da CEPAL, Alicia Bárcena, lembrando que o Estado desempenha um papel chave para alcançar o acesso universal e o uso massivo das tecnologias da informação, especialmente da banda larga.

A banda larga móvel é um dos serviços de telecomunicação que mais tem crescido nos últimos anos na América Latina e no Caribe, graças a sua característica onipresente e ao aumento dos planos de pagamento para usuários. Este crescimento, no entanto, tem se dado de forma desigual, havendo grandes disparidades entre os países da região e os desenvolvidos.

Bárcena afirmou que o Observatório permite identificar as desigualdades no acesso à banda larga em termos de preços e velocidade – fatores determinantes para a adoção da mesma. Além disso, ele possibilita demarcar os desafios no que diz respeito à infraestrutura e conexão. Ela disse ainda que a banda larga pode “se transformar num elemento-chave da integração regional”, principalmente no âmbito da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL).