CEPAL divulgará novas projeções de crescimento para países da América Latina e do Caribe

Novo relatório, cujo primeiro número foi apresentado no último dia 3 de abril, incluirá desta vez uma atualização das projeções do crescimento econômico para a região e para cada um de seus países, levando em consideração as consequências que a pandemia poderá acarretar para o desempenho das economias da América Latina e do Caribe em 2020.

A pandemia da COVID-19 encontra a América Latina e o Caribe em um momento fraco em seu desempenho econômico e social. Foto: pixabay/leo2014

A pandemia da COVID-19 encontra a América Latina e o Caribe em um momento fraco em seu desempenho econômico e social. Foto: pixabay/leo2014

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) apresentará na terça-feira (21) o relatório especial COVID-19 N⁰ 2 sobre o seguimento dos efeitos econômicos e sociais da atual crise decorrente do impacto do novo coronavírus na região, intitulado Dimensionar os efeitos da COVID-19 para pensar a reativação.

O novo relatório, cujo primeiro número foi apresentado no último dia 3 de abril, incluirá dessa vez uma atualização das projeções do crescimento econômico para a região e para cada um de seus países, levando em consideração as consequências que a pandemia poderá acarretar para o desempenho das economias da América Latina e do Caribe em 2020.

A apresentação do relatório será feita por meio de uma coletiva de imprensa virtual, por Alicia Bárcena, Secretária-Executiva da CEPAL, de Santiago, Chile, às 11h do Chile (12h de Brasília).

Será transmitida online pelo site da instituição e de suas redes sociais, como Twitter (@cepal_onu) e Facebook (https://www.facebook.com/cepal.onu).

Os jornalistas poderão enviar suas perguntas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org, que serão respondidas ao vivo pela secretária-executiva da CEPAL ao final da apresentação do documento. As perguntas serão recebidas até às 11h30 do Chile (12h30 de Brasília).

A pandemia da COVID-19 encontra a América Latina e o Caribe em um momento fraco em seu desempenho econômico e social.

A região cresceu a uma taxa estimada de apenas 0,1% em 2019. Como resultado da pandemia, as projeções para 2020 foram corrigidas de uma forma significativa para baixo.

Os detalhes da magnitude da queda na dinâmica econômica regional e de cada país serão divulgados na terça-feira, na apresentação da secretária-executiva da CEPAL.

Os meios de comunicação estão convidados a participar da coletiva de imprensa virtual. Os jornalistas devem conectar-se a partir das 11h do Chile (12h de Brasília) pelo site da CEPAL ou suas redes sociais, como Twitter (@cepal_onu) e Facebook (https://www.facebook.com/cepal.onu).

As perguntas sobre os temas da coletiva devem ser enviadas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org.  Elas serão recebidas até às 11h30 do Chile (12h30 de Brasília) de terça-feira, 21 de abril.

A edição eletrônica completa desse relatório da CEPAL, juntamente com um comunicado de imprensa com detalhes das taxas de crescimento atualizadas, estarão disponíveis no site da CEPAL e na página do Observatório COVID-19 da América Latina e do Caribe na terça-feira, 21 de abril, ao final da coletiva de imprensa.

O quê: Lançamento do Relatório especial COVID-19 N⁰ 2 da CEPAL: intitulado Dimensionar os efeitos do COVID-19 para pensar a reativação.

Quem:

  • Alicia Bárcena, Secretária-Executiva da CEPAL.

Quando: Terça-feira, 21 de abril de 2020, 11h do Chile (12h de Brasília)

Onde: Conexão virtual pelo site da CEPAL.