CEPAL atualizará estimativas de crescimento econômico para países da América Latina e Caribe

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) apresenta virtualmente nesta quarta-feira (15), às 13h, seu relatório especial COVID-19 N⁰ 5 sobre o acompanhamento dos efeitos socioeconômicos da pandemia na região, no qual atualizará projeções de crescimento econômico para cada país.

Segundo o relatório, as tendências negativas da atividade econômica mundial se aprofundaram, acrescentando-se a incerteza com relação à dinâmica da recuperação pós-COVID-19.

Vendedora usa máscara no principal mercado atacadista de Lo Valledor, no Chile, em meio à pandemia da COVID-19. Foto: FAO/Max Valencia

Vendedora usa máscara no principal mercado atacadista de Lo Valledor, no Chile, em meio à pandemia da COVID-19. Foto: FAO/Max Valencia

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) apresenta nesta quarta-feira (15) seu relatório especial COVID-19 N⁰ 5 sobre o acompanhamento dos efeitos socioeconômicos da pandemia na região, no qual atualizará projeções de crescimento econômico para cada país.

O documento intitulado “Enfrentar os efeitos cada vez maiores da COVID-19 para uma retomada com igualdade: novas projeções” incluirá também previsões revisadas sobre os níveis de emprego, pobreza e desigualdade em 2020, como resultado da crise.

Os novos números e projeções complementarão com mais detalhes o relatório de políticas sobre os efeitos da COVID-19 na América Latina e no Caribe, apresentado pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, na semana passada (9).

A apresentação será feita por meio de coletiva de imprensa virtual por Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL, de Santiago, Chile, às 13h (Horário de Brasília).

Será transmitida ao vivo via Webex pelo seguinte link: https://eclac.webex.com/eclac/onstage/g.php?MTID=e59edd97086f2631591496e41f580ce97

Os jornalistas interessados em participar deverão registrar-se com antecedência. Receberão um e-mail automático com instruções para conectar-se.

A coletiva também será transmitida pelo site da CEPAL e por suas redes sociais, como Twitter (@cepal_onu) e Facebook (https://www.facebook.com/cepal.onu).

Os jornalistas poderão enviar suas perguntas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org que serão respondidas ao vivo pela secretária-executiva da CEPAL, ao final da apresentação do documento. As perguntas só serão recebidas até às 13h30 (horário de Brasília).

Segundo o relatório, as tendências negativas da atividade econômica mundial se aprofundaram, acrescentando-se a incerteza com relação à dinâmica da recuperação pós-COVID-19.

A economia mundial terá seu maior declínio desde a Segunda Guerra Mundial e o PIB per capita diminuirá em 90% dos países, um fato sem precedentes.

Nesse contexto, a América Latina e o Caribe terá a pior contração dos últimos 100 anos, pois os efeitos negativos externos e internos da região se intensificaram nos últimos meses. As magnitudes dessa contração da atividade econômica para cada país do continente, bem como os números gerais do impacto social da crise, serão divulgados pela secretária-executiva da CEPAL.

A versão eletrônica completa do novo documento da CEPAL, juntamente com um comunicado de imprensa e a apresentação de Bárcena, estarão disponíveis no site da CEPAL e na página do Observatório COVID-19 da América Latina e do Caribe ao final da coletiva de imprensa.

O quê: Lançamento do Relatório especial COVID-19 N⁰ 5 da CEPAL: Enfrentar os efeitos cada vez maiores da COVID-19 para uma retomada com igualdade: novas projeções.

Quem: Alicia Bárcena, Secretária-Executiva da CEPAL.

Quando: Quarta-feira, 15 de julho de 2020, 13h (Horário de Brasília).

Onde: Conexão virtual pela plataforma Webex (é necessário inscrição prévia).

https://eclac.webex.com/eclac/onstage/g.php?MTID=e59edd97086f2631591496e41f580ce97

Event number: 160 862 4322

Event password: igualdad

Com transmissão também, pelo site da CEPAL e por https://live.cepal.org/.