CEPAL apresenta relatório sobre impactos da COVID-19 nas empresas e setores produtivos da América Latina

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) divulga nesta quinta-feira (2) o relatório especial COVID-19 N⁰ 4 sobre o acompanhamento dos efeitos socioeconômicos da pandemia na região.

O documento “As empresas diante da COVID-19: emergência e retomada” mede e analisa os efeitos da crise no universo empresarial e nos setores produtivos da América Latina e do Caribe. O evento de lançamento terá transmissão online a partir das 13h.

O novo documento mede e analisa os efeitos da crise no universo empresarial e nos setores produtivos da América Latina e do Caribe. Foto: Pixabay

O novo documento mede e analisa os efeitos da crise no universo empresarial e nos setores produtivos da América Latina e do Caribe. Foto: Pixabay

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) divulga nesta quinta-feira (2) o relatório especial COVID-19 N⁰ 4 sobre o acompanhamento dos efeitos socioeconômicos da pandemia na região.

O documento “As empresas diante da COVID-19: emergência e retomada” mede e analisa os efeitos da crise no universo empresarial e nos setores produtivos da América Latina e do Caribe.

Combina uma visão de curto prazo, focada na emergência, com uma perspectiva de longo prazo, de especial importância para a retomada. Propõe medidas para a proteção do emprego e das empresas de diferentes tamanhos, e destaca a importância das políticas para a retomada.

A apresentação do relatório será feita por meio de uma coletiva de imprensa virtual por Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL, de Santiago, Chile, às 13h (horário de Brasília) .

Será transmitida ao vivo via Webex pelo seguinte link: https://eclac.webex.com/eclac/onstage/g.php?MTID=eb515aaf0d1cef51c5d9e38047acc0f45

Os jornalistas interessados em participar deverão registrar-se previamente. Receberão um e-mail automático com as instruções para a conexão.

Haverá também, transmissão online pelo site da CEPAL e por suas redes sociais como: Twitter (@cepal_onu) e Facebook (https://www.facebook.com/cepal.onu).

Os jornalistas poderão enviar suas perguntas com antecedência para o e-mail: conferenciaprensa@cepal.org que serão respondidas ao vivo pela secretária-executiva da CEPAL no final da apresentação do documento. As perguntas serão recebidas até às 13h30 (horário de Brasília).

Segundo o relatório, a crise econômica gerada pela COVID-19 atinge uma estrutura produtiva e empresarial caracterizada pela baixa produtividade e excessiva heterogeneidade entre setores e entre empresas, fragilidades que se originaram ao longo de décadas.

São avaliados os efeitos nas empresas, particularmente as MPME, e a consequente destruição de postos de trabalho.

A apresentação será transmitida também, pelo site da CEPAL e pelo YouTube: https://live.cepal.org/.

A versão eletrônica completa do novo documento da CEPAL, juntamente com um comunicado de imprensa e a apresentação da secretária-executiva estarão disponíveis no site da CEPAL e na página do Observatório COVID-19 da América Latina e do Caribe nesta quinta-feira, após a coletiva de imprensa.