CEPAL apresenta novo livro que aponta caminhos para desenvolvimento brasileiro

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) das Nações Unidas realizou, em parceria com o Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o evento de lançamento de seu novo livro “Alternativas para o desenvolvimento brasileiro: novos horizontes para a mudança estrutural com igualdade”.

Os artigos incluídos no livro abordam desafios e oportunidades para o desenvolvimento do país nos próximos anos a partir de temas como vulnerabilidade externa, fragilidade das finanças públicas e do Estado, inovação e diversificação produtiva, necessidade de políticas sociais distributivas e questões de sustentabilidade ambiental.

Contraste entre as desigualdades no município do Rio de Janeiro. Foto: Luiz Gonçalves Martins - ODS 10

Contraste entre as desigualdades no município do Rio de Janeiro. Foto: Luiz Gonçalves Martins – ODS 10

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) das Nações Unidas realizou, em parceria com o Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), o evento de lançamento de seu novo livro “Alternativas para o desenvolvimento brasileiro: novos horizontes para a mudança estrutural com igualdade”.

O evento ocorreu no fim de agosto (27) na UNICAMP, às vésperas do 12º Encontro Internacional da Associação Keynesiana Brasileira, realizado em 28 a 30 de agosto em Campinas (SP).

Em 2018, a CEPAL completou 70 anos, o que motivou seu escritório no Brasil a reunir em livro as contribuições de nova geração de pensadores influenciada pelo pensamento estruturalista para discutir alternativas para o desenvolvimento do país.

A reunião de “jovens estruturalistas” brasileiros nesse livro mostra que, a despeito do contexto de grandes transformações na economia internacional e profundas incertezas decorrentes da atual conjuntura, o pensamento estruturalista segue propositivo, mostrando que há alternativas para se construir um desenvolvimento com mais igualdade e mais sustentabilidade, segundo a CEPAL.

O processo que culminou no lançamento do livro teve início com um seminário realizado em Brasília (DF), no Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), entre os dias 5 e 6 de abril de 2018, com a presença dos autores, apoiado pela Friedrich Ebert Stiftung (FES). A Young Scholars Initiative do Institute for New Economic Thinking apoiou a publicação e divulgação da obra.

Os artigos incluídos no livro abordam desafios e oportunidades para o desenvolvimento do país nos próximos anos a partir de temas como vulnerabilidade externa, fragilidade das finanças públicas e do Estado, inovação e diversificação produtiva, necessidade de políticas sociais distributivas e questões de sustentabilidade ambiental.

A expectativa da CEPAL é de que o conjunto de artigos impulsione um debate sobre alternativas de desenvolvimento para o Brasil, articulando uma mudança estrutural com igualdade.

O evento contou com a presença do organizador do livro, Marcos Chiliatto; dos autores dos capítulos (André Biancarelli, da UNICAMP; André Calixtre, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA); Camila Gramkow, da CEPAL; Guilherme Mello, da UNICAMP; e Pedro Rossi, da UNICAMP); e do professor Wilson Cano. Mais de 80 pessoas, entre pesquisadores e estudantes do desenvolvimento brasileiro, estiveram presentes no encontro, que também teve transmissão ao vivo.

Clique aqui para acessar o livro.

Assista ao vídeo sobre o evento de lançamento: