Centro de Informação da ONU realiza conversa informativa com estudantes do Cefet-RJ

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Estudantes do curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (LEANI) do CEFET/RJ se reuniram no início de junho (8), na sede do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio), no Rio de Janeiro, para uma conversa informativa com o diretor do UNIC Rio, Maurizio Giuliano.

Evento aconteceu devido ao grande interesse dos alunos em trabalhar nas Nações Unidas.

Centro de Informação da ONU realiza conversa informativa com estudantes do Cefet-RJ

Alunos do curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (LEANI) do Cefet/RJ se reuniram no início de junho (8), na sede do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio), no Rio de Janeiro, para uma conversa informativa com o diretor do UNIC Rio, Maurizio Giuliano.

Evento aconteceu devido ao grande interesse dos jovens em trabalhar nas Nações Unidas.

Os estudantes puderam adquirir conhecimento sobre oportunidades de carreira, salários, mecanismos de admissão, elementos essenciais para se candidatar a uma vaga, bem como esclarecer qualquer tipo de dúvida a respeito da ONU.

“Eu não tinha consciência da grande importância da língua francesa e das possibilidades maiores de emprego em países com mais riscos, que são exatamente os que me interessam”, disse Natalia Del Cueto, alune do curso, que afirmou ter interesse na área de gestão e na ONU Mulheres. “Atualmente, eu gostaria de trabalhar na África ou no Oriente Médio”, contou.

O curso LEANI corresponde a uma formação cujo eixo é a aprendizagem de três línguas estrangeiras (inglês, francês e espanhol) e suas respectivas culturas, para aplicação em contextos de negociações internacionais, empresas e demais tipos de organizações.

Os alunos também fizeram perguntas sobre a trajetória profissional de Maurizio, que descreveu seus trabalhos anteriores e deu dicas sobre como construir um bom currículo, ratificando a importância do trabalho voluntário, especialmente em outros países.

“Não é fácil entrar na ONU sem uma experiência profissional internacional”, observou o diretor do UNIC Rio. “O trabalho voluntário, sem dúvidas, ajuda muito”, completou, encorajando os jovens a se cadastrar no programa de voluntariado das Nações Unidas.

Ao final da conversa informativa, Maurizio Giuliano também incentivou os estudantes a aplicar para o programa de estágio oferecido pelo UNIC Rio.

Novas conversas informativas com o diretor do UNIC Rio serão oferecidas como parte da iniciativa Brasileiros na ONU (saiba mais clicando aqui); interessados podem se inscrever através do link https://goo.gl/P6xCpo.


Mais notícias de:

Comente

comentários