Centro de Excelência contra a Fome participa de fórum em Honduras sobre alimentação escolar

Evento contou com a participação da primeira-dama de Honduras, Ana García de Hernández Foto: PMA/Juán Montes

Um evento em Honduras promoveu a troca de experiência entre especialistas e governos da América sobre os benefícios da merenda gratuita distribuída nas escolas. Durante a abertura do “Fórum Alimentação Escolar para uma vida melhor– Alimentando o futuro de nossas crianças”, realizado entre os dias 29 e 30 de abril, o diretor do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (PMA), Daniel Balaban, apresentou o trabalho e as atividades do Centro.

Mais tarde, Balaban também foi moderador do painel “Financiando Programas de Alimentação Escolar”. Os debates abordaram temas como escolas saudáveis, agricultura familiar, políticas públicas e sustentabilidade, entre outros.

Após esta consulta, o governo de Honduras planeja definir uma nova direção para o Programa Nacional de Alimentação Escolar do país, investindo mais em uma abordagem multi-setorial que promova os agricultores familiares e a valorize a nutrição.

Em Honduras, mais de 22.000 escolas públicas oferecem refeições diárias para cerca de 1,3 milhão de crianças. O programa nacional de alimentação escolar é 90% financiado pelo governo em parceria com o PMA, o governo do Canadá e o setor privado.

Em 2013, uma delegação de Honduras esteve no Brasil para uma visita de estudo organizada pelo Centro de Excelência. Durante o intercâmbio, eles conheceram mais sobre os programas de alimentação escolar e segurança alimentar do Brasil.