Centro de Excelência contra a Fome participa de evento sobre segurança alimentar na Argélia

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Representantes do Centro de Excelência contra a Fome, fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, participaram na semana passada (2) de um seminário sobre segurança alimentar e nutricional na Argélia.

O evento foi uma oportunidade para ministérios e parceiros de instituições técnicas trabalharem juntos e iniciarem um diálogo sobre conclusões preliminares a respeito das lacunas e recomendações para a segurança alimentar no país.

Participantes do evento na Argélia discutiram as políticas nacionais e respostas programáticas à insegurança alimentar. Foto: PMA

Participantes do evento na Argélia discutiram as políticas nacionais e respostas programáticas à insegurança alimentar. Foto: PMA

Representantes do Centro de Excelência contra a Fome, fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, participaram na semana passada (2) de um seminário sobre segurança alimentar e nutricional na Argélia.

O evento “Segurança alimentar e nutricional na Argélia: situação e perspectivas” foi uma oportunidade para ministérios e parceiros de instituições técnicas trabalharem juntos e iniciarem um diálogo sobre conclusões preliminares a respeito das lacunas e recomendações para a segurança alimentar no país.

O Centro de Pesquisa Econômica Aplicada ao Desenvolvimento apresentou conclusões preliminares de um estudo sobre a situação da segurança alimentar e nutricional na Argélia, abordando programas e políticas que já existiram ou que estão em operação no país.

Christiani Buani, chefe de programa do Centro de Excelência, apresentou boas práticas de Cooperação Sul-Sul para a segurança alimentar e nutricional e alguns exemplos de programas de alimentação escolar vinculada à agricultura local e seus amplos impactos no desenvolvimento sustentável. Durante o evento, o PMA fez apresentações sobre temas variados relacionados ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 2 – a Fome Zero.

O seminário foi organizado pelo Instituto Nacional de Estudos Estratégicos Globais (INESG) e pelo Centro de Pesquisa Econômica Aplicada ao Desenvolvimento, em parceria com o PMA.

Os participantes discutiram as políticas nacionais e respostas programáticas à insegurança alimentar, o mapeamento de vulnerabilidades, exemplos de sucesso de programas sociais e boas práticas em nutrição. O objetivo foi coletar recomendações para que o país possa alcançar fome zero.


Mais notícias de:

Comente

comentários