Centro de Excelência contra a Fome completa seis anos de existência

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Centro de Excelência contra a Fome — fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas — celebrou seu sexto aniversário no início de novembro (7).

Durante esse período, a organização realizou iniciativas de Cooperação Sul-Sul com mais de 50 países, em áreas como segurança alimentar, nutrição e proteção social. Também ofereceu oportunidades de aprendizagem e assistência técnica a 30 países para ajudá-los a elaborar e implementar programas sustentáveis de alimentação escolar.

O Centro de Excelência contra a Fome contribuiu para mudar o entendimento de governos de cerca de 30 países sobre o potencial da alimentação escolar. Foto: Jaelson Lucas/SMCS

O Centro de Excelência contra a Fome contribuiu para mudar o entendimento de governos de cerca de 30 países sobre o potencial da alimentação escolar. Foto: Jaelson Lucas/SMCS

O Centro de Excelência contra a Fome — fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas — celebrou seu sexto aniversário no início de novembro (7).

Durante esse período, realizou iniciativas de Cooperação Sul-Sul com mais de 50 países, em áreas como segurança alimentar, nutrição e proteção social. A organização também ofereceu oportunidades de aprendizagem e assistência técnica a 30 países para ajudá-los a elaborar e implementar programas sustentáveis de alimentação escolar.

Outras atividades incluíram mudar o entendimento de governos sobre o potencial da alimentação escolar. Para além de fornecer alimentação a crianças em escolas, esses programas constituem uma política inter-setorial de segurança alimentar e nutricional, com impactos multi-dimensionais.

Educação, nutrição e saúde são diretamente beneficiadas por essas iniciativas. Quando são vinculados à agricultura local, também contribuem para o fortalecimento da agricultura familiar e de economias locais.

Avaliação de impacto

De acordo com avaliação de impacto feita por um consórcio de organizações independentes, o Centro de Excelência também contribuiu de forma significativa para o reconhecimento global da alimentação escolar como estratégia de promoção do desenvolvimento sustentável.

O Centro promoveu o envolvimento de atores governamentais de alto nível, o que ampliou o compromisso dos países com a alimentação escolar. Além disso, as parcerias fomentadas pela organização ajudaram a fortalecer capacidades técnicas cruciais para o desenvolvimento de políticas nacionais de alimentação escolar vinculada à agricultura local.

A avaliação de impacto cobriu o período de 2011 a 2016 e foi realizada pelo Centro de Estudos e Articulação da Cooperação Sul-Sul e pela Move Social.

A pesquisa se debruçou sobre o impacto do trabalho do Centro de Excelência em 28 países que recebem assistência técnica continuada e realizou entrevistas com 66 atores nacionais e internacionais.

Dos entrevistados, 71% mencionaram aumento na compra de alimentos produzidos localmente desde o início da parceria com o Centro, para uso na alimentação escolar.

Além disso, 100% dos entrevistados consideraram que os intercâmbios e atividades de fortalecimento de capacidades técnicas são relevantes e respondem a suas necessidades, e 69% reconheceram a contribuição do Centro para uma maior autonomia dos países no desenho e implementação de políticas e programas de alimentação escolar.

O Centro de Excelência contra a Fome do PMA é um fórum global para diálogo de políticas e aprendizagem Sul-Sul sobre programas de alimentação escolar e segurança alimentar e nutricional.

A organização foi criada em 2011 para apoiar governos na África, Ásia e América Latina no desenvolvimento de soluções sustentáveis contra a fome.

O Centro provê aconselhamento sobre políticas e programas, assistência técnica, oportunidades e reúne nações do Hemisfério Sul e as ajuda a desenvolver seus próprios programas.

Leia o relatório da avaliação de impacto (em inglês).


Mais notícias de:

Comente

comentários