Centro da ONU apoia próxima Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, em Brasília

Evento acontecerá de 3 a 6 de novembro e está sendo organizado pelo Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.

Foto: Emeraldhorticulture/Wikimedia

Foto: Emeraldhorticulture/Wikimedia

O Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU vai apoiar a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. O evento acontecerá em Brasília, de 3 a 6 de novembro, e está sendo organizado pelo Consea (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional).

Com o tema “Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar”, o encontro deve reunir cerca de 2 mil pessoas. Representantes da sociedade civil, governo e ONGs foram convidados.

Também são aguardados representantes de países em desenvolvimento e especialistas internacionais. O Centro de Excelência está contribuindo para trazer ao Brasil alguns desses especialistas a partir de países africanos e também está colaborando para definir a agenda final do evento.

A conferência é um momento crucial de diálogo nacional para discutir os desafios que o Brasil tem pela frente para eliminar a pobreza extrema e assegurar a segurança alimentar e nutricional para todos.

Relatório Anual 2014 do Centro de Excelência está online

O Centro de Excelência contra a Fome do PMA lançou em seu website o Relatório Anual de 2014. O documento destaca os progressos do Centro e os desafios à frente.

Disponível em português, inglês e francês, o relatório conta como o Centro está ativamente envolvido em assistir mais de 70 países em desenvolvimento. Por meio de visitas de estudo ao Brasil e missões técnicas, os países parceiros conhecem mais sobre a reconhecida experiência do Brasil em alimentação escolar e combate à fome.

A experiência já está sendo traduzida em casos de sucesso. Senegal, Moçambique e Ruanda são exemplos de governos que estão reestruturando seus programas de alimentação escolar para seguir a estratégia multissetorial de nutrição do Brasil e realizar a transição de um modelo apoiado por doadores para um modelo governamental.

Segundo o diretor do Centro de Excelência, Daniel Balaban, o ano de 2015 será crucial para a definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU. “Acreditamos que a parceria e a cooperação entre países estarão no centro do debate e serão condição imprescindível para esses objetivos, assim como para o Desafio Fome Zero”, ele destaca na carta de apresentação do relatório.

Leia o relatório na íntegra aqui: