Cartoon Network e agências da ONU lançam nova fase de campanha que ensina crianças a combater o zika

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O canal de desenhos animados Cartoon Network, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançaram nesta quinta-feira (16) a nova fase da campanha que ensina crianças da América Latina e Caribe a combater o zika. Iniciativa convoca público infanto-juvenil a se envolver na prevenção do vírus, eliminando criadouros do Aedes aegypti e orientando conhecidos a se proteger do mosquito.

O canal de desenhos animados Cartoon Network, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançaram nesta quinta-feira (16) a nova fase da campanha que ensina crianças da América Latina e Caribe a combater o zika.

A iniciativa convoca público infanto-juvenil a se envolver na prevenção do vírus, eliminando criadouros do Aedes aegypti e orientando conhecidos a se proteger do mosquito. O vídeo da campanha mistura animações e encenações com um ator que chama o público infanto-juvenil a participar da luta contra a doença. O material será divulgado em português, espanhol e inglês.

Lançada inicialmente em maio de 2016, a campanha foi elaborada com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos do zika, que continua a ameaçar particularmente as mulheres grávidas e seus bebês.

A OPAS lembra que nunca antes na América Latina uma infecção transmitida por um mosquito resultou em problemas de saúde neurológicos tão desastrosos e com consequências de tão longo prazo para as crianças e suas famílias.

Por ocasião do lançamento, a diretora do organismo regional, Carissa F. Etienne, lembra que o zika e outras doenças transmitidas por mosquitos ainda são uma ameaça em muitas comunidades. “Estamos felizes por trabalhar com o Cartoon Network América Latina e o UNICEF para engajar o público, especialmente os jovens, a evitar a propagação da infecção nas Américas”, disse.

Crianças são os vetores para promover
atividades de prevenção em casa,
nas escolas e nas comunidades.

“A nossa ferramenta mais importante para combater zika, dengue e chikungunya, é o controle dos mosquitos Aedes, que vivem próximos às casas das pessoas”, acrescentou, destacando a contribuição que crianças podem dar para os esforços de contenção do inseto.

“Por meio do Movimento Cartoon, estamos comprometidos com a saúde e o bem-estar da nossa audiência. O enorme alcance do Cartoon Network em toda a América Latina é uma ferramenta fantástica para continuar a ajudar a combater o zika na região”, afirmou o vice-presidente sênior e gerente geral do Cartoon Network, Boomerang e Tooncast na América Latina, Barry Koch.

“Contamos com as crianças para compartilhar a mensagem e ajudar a modificar hábitos nos lugares onde vivem e brincam”, completou o executivo.

“Crianças são os vetores para promover atividades de prevenção em casa, nas escolas e nas comunidades. Essa campanha vai assegurar que crianças e suas famílias tenham mais informação sobre os meios de transmissão e prevenção, para que elas possam exercer seu papel em parar a propagação do vírus”, afirmou a diretora regional do UNICEF na América Latina e no Caribe, Maria Cristina Perceval.

Acesse a cartilha promocional da campanha clicando aqui.


Mais notícias de:

Comente

comentários